Fechar

Fechar

De virada, Unifacisa vence time catarinense e sobe para 3º lugar na Liga Ouro

Da Redação com Ascom. Publicado em 21 de março de 2018 às 9:26.

O jogo só termina quando acaba. Essa redundância é uma máxima esportiva que se confirma também no basquete.

Não à toa a Unifacisa (PB) enfrentou o time do Brusque (SC) nessa terça-feira, 20, na Arena em Campina Grande e até o início do quarto período estava perdendo, mas mudou de atitude em quadra e venceu o jogo com uma diferença de 12 pontos, num placar de 83 a 71.

A equipe emplacou a quarta vitória consecutiva e assumiu a terceira posição no campeonato da Liga Ouro 2018.

Foto: Ascom

A virada veio depois de puxões de orelha do técnico Eduardo Schafer que cobrou a aplicação do que havia sido combinado antes da partida.

“A gente deixou o Brusque jogar e nos três primeiros quartos cometemos erros demais, precisei puxar a orelha para a gente entrar no jogo no quarto período”, reclamou o técnico.

O Brusque, que agora está no penúltimo lugar na competição, acumulando a sexta derrota, fez um jogo pra cima da Unifacisa, com destaque para o armador Pedro que foi um calo para o time da casa, só conseguindo ser neutralizado com a melhoria da defesa.

O técnico da equipe catarinense, Alexandre Barros, reconheceu o mérito da Unifacisa para a conquista da vitória e ressaltou a condução da torcida.

“A gente fica alegre quando chega com uma torcida educada que não hostiliza os jogadores e em quadra fazemos um jogo legal com um basquete honesto”, ressaltou.

Quem se agigantou na Arena pela Unifacisa foi o armador Farad Cobb, ex-Cincinnati, que fez 30 pontos das 41 tentativas. Assumiu a responsabilidade de liderar os ataques do time e conseguiu conduzir o grupo à vitória.

“No primeiro tempo nós erramos muito, mas depois ficamos mais confiantes. Eu sabia que era preciso mostrar que o nosso jogo era de outro nível”, afirmou Cobb.

O armador americano dividiu a responsabilidade da condução do time com o capitão Rodrigo Piru, que tem sido bastante regular nas atuações em cada partida. O camisa 10 foi mais uma vez o dono do garrafão e deixou isso claro até no último segundo do jogo com a defesa que frustrou a tentativa final do Brusque de fazer mais uma cesta já durante a contagem regressiva da torcida para acabar a partida.

“Todo jogo da Liga é difícil, é uma batalha, mas a gente precisa fazer prevalecer esse mando de quadra. Estamos em casa, temos o braço da torcida e como capitão tenho que unir a torcida e os jogadores”, explicou o capitão da Unifacisa.

Também contribuíram para a virada no quarto período as cestas de três pontos de Guto e a atuação de Stabile.

O próximo desafio da Unifacisa (PB) é o Blumenau. O jogo será na segunda-feira, 26, às 19h15, na Arena em Campina Grande.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube