Fechar

logo

Fechar

Coritiba vence Sport e deixa a zona de rebaixamento da Série A

Folhapress. Publicado em 30 de agosto de 2020 às 18:59.

Paraíba Online • Coritiba vence Sport e deixa a zona de rebaixamento da Série A

Foto: Rafael Brauhardt/Coritiba

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Vivendo situação semelhante no Campeonato Brasileiro, Coritiba e Sport se enfrentaram neste domingo (30), no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), em partida válida pela sexta rodada. O triunfo por 1 a 0, com gol do zagueiro Sabino, tira o time paranaense da zona de rebaixamento e da lanterna.

Foi a segunda vitória consecutiva do Coritiba, que na rodada passada já havia batido o RB Bragantino por 2 a 1. Já o Sport sofreu a terceira derrota seguida e é o novo lanterna do campeonato. Até agora o time pernambucano só venceu na estreia contra o Sport.

A partida ficou marcada pelo baixo nível técnico e pelo primeiro chute ao gol ter saído apenas aos 23 minutos do segundo tempo. Agora, o foco das duas equipes é na próxima rodada do principal torneio nacional. Enquanto a equipe paranaense enfrenta o Botafogo, fora de casa, o Sport voltará a atuar fora de seus domínios, desta vez contra o Grêmio.

A partida ficou marcada pela estreia de treinadores nos dois lados. Pelo Coritiba, Jorginho substituía Eduardo Barroca, enquanto Jair Ventura fazia seu primeiro jogo no comando do Leão da Ilha. ficando no lugar de Daniel Paulista.

O primeiro tempo foi marcado pela ausência de tudo: chutes ao gol, infiltração, passes longos, drible… Como consequência, os dois goleiros não fizeram defesa alguma durante os 45 minutos e uma única chance de gol foi criada, pelo Coritiba, em cabeceio do zagueiro Sabino.

O destaque foi o zagueiro, do Coritiba. Além de ter feito o único gol da partida, o defensor foi fundamental no sistema defensivo e salvou uma chance clara, praticamente em cima da linha, quando o placar ainda marcava 0 a 0.

Mateus Salles foi mal. O volante do Coritiba pouco teve influência na partida, já que o Sport abdicou totalmente do ataque, principalmente no primeiro tempo. Sem momentos defensivos para se destacar, o jogador não conseguiu agregar no setor ofensivo, com pouca aproximação no campo adversário.

A falta de qualidade no meio-campo “obrigava” o time comandado por Jorginho a usar as laterais, principalmente a esquerda, com William Matheus. A estratégia até deu certo em alguns momentos, mas nada que criasse um domínio dos donos da casa. Além disso, a falta de qualidade nos arremates era um dos problemas do setor ofensivo da equipe paranaense.

O desempenho do clube pernambucano não foi muito diferente do Coxa, com muitos erros e pouca qualidade, porém o técnico Jair Ventura abdicou do ataque e utilizava todos seus jogadores de linha para pressionar o jogador que estava com a bola.

O confronto começou equilibrado, com as duas equipes tentando achar um espaço na defesa adversária para atacar. No entanto, a falta de intensidade, principalmente no meio-campo, emperrava as duas equipes, que abusavam das bolas lançadas em busca de uma chance clara de gol.

Aos poucos o Coritiba começava a gostar do jogo e aproveitava buracos nas laterais do Sport para chegar na área defendida pelo goleiro Maílson. O grande problema é que os dois times não chutavam para o gol e até aos 30 minutos, quando teve a pausa para reidratação, nenhuma chance de gol foi criada por ambas as partes.

Foto: Ascom/Coritiba

Foto: Ascom/Coritiba

O único lance de perigo do primeiro tempo foi aos 40 minutos, quando o zagueiro Sabino cabeceou à esquerda da meta defendida pelo arqueiro adversário. No segundo tempo, o time comandado por Jair Ventura começou a ganhar confiança e saiu mais para o ataque.

Com poucos minutos, criou mais do que em toda a primeira parcial e quase abriu o placar duas vezes, sendo que a última delas só não foi concluída em gol porque o defensor Sabino salvou em cima da linha.

Porém a falta de qualidade no ataque fez com que a segunda etapa também fosse bem fraca tecnicamente e com raros momentos de emoção. Ainda assim, houve tempo para o Coritiba marcar o único gol, com Sabino, em cobrança de pênalti.

CORITIBA
Wilson; Patrick Vieira (Jonathan), Rhodolfo (Rodolfo Filemon), Sabino, William Matheus; Matheus Sales, Matheus Galdezani (Giovanni Augusto) , Luiz Henrique (Matheus Bueno); Robson, Sassá, Neilton (Igor Jesus). T.: Jorginho

SPORT
Maílson; Patric, Iago Maidana, Chico, Sander (Luciano Juba); Ronaldo Henrique (Marcão), Ricardinho, Betinho, Jonatan Gomez (Lucas Mugni); Elton (Hernane), Marquinhos (Leandro Barcia). T.: Jair Ventura

Estádio: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Juiz: Raphael Claus (SP)
Cartões amarelos: Rodolfo Filemon (Coritiba); Iago Maidana, Betinho, Hernane e Maílson (Sport)
Gol: Sabino, aos 49 minutos do segundo tempo

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube