BRASILEIRÃO

Corinthians volta das “férias” e tenta ampliar frente contra o Vitória

19/08/2017 às 10:35

Fonte: Da Redação com Gazeta Net

O Corinthians teve duas semanas sem jogos para treinar, descansar e se preparar ainda mais para o segundo turno do Campeonato Brasileiro, iniciado no último final de semana, mas que só começa para os alvinegros neste sábado, às 16h (de Brasília), contra o Vitória. O duelo, válido pela 21ª rodada, é o primeiro teste da equipe depois da histórica campanha do primeiro turno.

Nos 19 primeiros jogos da competição, os comandados de Fábio Carille obtiveram 47 dos 57 pontos disputados, o melhor aproveitamento da história dos pontos corridos para a metade inicial. Com a sequência interrompida pela viagem da Chapecoense ao Japão, que adiou o duelo entre ambos para quarta-feira, dia 23, o Timão agora tenta não perder o ritmo de jogo conquistado.

“Dificilmente eu reclamo de alguma coisa. A Chapecoense teve que viajar para um torneio e a gente não jogou. Mas a gente trabalhou para que pudéssemos aproveitar bastante esse tempo. Reuni o elenco, conversamos. Já fui jogador e vi um intervalo desse arrebentar os jogadores”, alertou o treinador, que desenhou uma tática para que ninguém sentisse falta dos jogos.

“Na primeira semana a gente trabalhou internamente por três dias, mas, de quinta para cá, o trabalho foi muito bom, não paramos e teve dois dias que a gente levou a intensidade lá em cima, bem próxima de um jogo”, avaliou o comandante, que terá o retorno do meia Jadson, recuperado de duas fraturas nas costelas. O camisa 10, porém, fica no banco de reservas.

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Clayson, que teve boas atuações tanto contra o Atlético-MG quanto contra o Sport, recebeu um voto de confiança de Carille, ainda incerto da capacidade física de Jadson, e formará o trio de armadores com Rodriguinho e Romero. Na avaliação do técnico, é preciso bastante paciência para que a equipe consiga furar a provável tática defensiva dos baianos.

“Espero que o Vitória vá vir assim, a preparação é em cima do que fizeram contra o Flamengo”, comentou Carille, confiante no apoio da torcida, que comprou todos os ingressos à disposição. “O torcedor cada vez menos acelera nossa equipe, está entendendo a forma de jogar. No começo do ano queria que a gente acelerasse de qualquer jeito, sem calma, mas, cada vez mais, vejo a equipe entendendo nossa proposta de jogo”, observou.

Do outro lado, os rubro-negros esperam arrancar pontos do líder do campeonato exatamente da forma que esperam os corintianos: igual ao modelo adotado na vitória por 2 a 0 contra o Flamengo, há duas semanas, em jogo disputado no Rio de Janeiro. Dessa forma, o zagueiro Wallace, ex-Corinthians, e o meia Yago serão as novidades na formação do técnico Vágner Mancini.

“Esse é o time que me deu resultados, então tenho que mexer o menos possível. É uma forma de manter o time ajustado, é um time que tem lideranças. É um time que pode me dar resultados, ajudar a somar pontos. Não é simplesmente entrar em campo e jogar, você precisa saber o que vai fazer, analisar bem o adversário para ter uma chance dentro do jogo”, concluiu o treinador.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons