Fechar

logo

Fechar

Corinthians marca nos acréscimos e consegue segunda vitória no Brasileiro

Folhapress. Publicado em 3 de setembro de 2020 às 0:01.

Foto: Ascom/Corinthians

Foto: Ascom/Corinthians

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Corinthians encontrou muitos problemas, mas conseguiu sua segunda vitória em seis partidas no Campeonato Brasileiro. Nos acréscimos do segundo tempo, de cabeça, Danilo Avelar marcou de cabeça o gol que definiu o triunfo por 2 a 1 sobre o Goiás, no estádio da Serrinha.

O resultado fez o time alvinegro chegar aos oito pontos e ganhar distância da zona de rebaixamento à segunda divisão. Lá permanece seu adversário na noite de quarta-feira (2), estacionado nos quatro pontos.

Para atuar em Goiânia, com o emprego em risco, Tiago Nunes promoveu várias alterações no Corinthians em relação ao time escalado na derrota para o São Paulo. Piton, Camanho, Luan e Gustavo Silva entraram nos lugares de Sidcley, Éderson, Araos e Léo Natel, que não vinham bem.

Houve dificuldades, porém a equipe conseguiu trocar passes de maneira mais objetiva no primeiro tempo. Quando a bola chegava a Jô, ele fazia um bom trabalho na preparação das jogadas, o que rendeu uma chance clara a Gustavo. A bola saiu por pouco.

Aos 28 minutos, a formação alvinegra abriu placar em mais um lançamento preciso de Cantillo para Ramiro, que buscou Jô na pequena área. Fábio Sanches teve de se esticar para evitar o gol do centroavante e acabou marcando contra.

À frente no placar, o Corinthians precisou de duas boas defesas de Cássio após cobrança de escanteio para se manter assim até o intervalo. E, na etapa final, já com o cabeça de área Gabriel no meio-campo, adotou um comportamento bem mais defensivo.

Não funcionou. A zaga alvinegra se mostrou exposta até levar o gol, aos 20 minutos, quando Miguel Figueira achou Vinícius na cara de Cássio. Nunes, então, promoveu as entradas de Léo Natel e Otero, desistindo da retranca que havia armado. Depois, acionou Éderson e Araos.

Tudo apontava para mais um tropeço. Mas, aos 46 minutos, Otero, que entrou bem, bateu escanteio da direita. A bola cruzou a área, quicou e achou a cabeça de Avelar, que deu algum respiro ao time e ao técnico Tiago Nunes.

GOIÁS
Tadeu; Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Ratinho (Miguel Figueira) e Daniel Bessa; Vinicius Lopes (Douglas Baggio), Keko (Ignacio Jara) e Mike (Quevedo). T.: Thiago Larghia

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Camacho (Gabriel) e Cantillo (Éderson); Ramiro (Léo Natel), Luan (Araos) e Gustavo Silva (Otero); Jô. Técnico: Tiago Nunes.

Estádio: Serrinha, em Goiânia (GO)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Cartões amarelos: Vinicius (GOI); Otero, Fagner e Ramiro (COR)
Gols: Fábio Sanches (contra, COR), aos 27min do 1ºT; Vinicius Lopes (GOI), aos 19min, e Danilo Avelar (COR), aos 46min do 2ºT

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube