Fechar

logo

Fechar

Conselheiros referendam sindicalista como presidente do Campinense até 2019

Da Redação. Publicado em 7 de dezembro de 2018 às 14:40.

Em reunião extraordinária realizada na noite desta quinta-feira (06), no estádio Renatão, o  Conselho Deliberativo referendou o nome do sindicalista Antonino Macedo como presidente do Campinense Clube até o dia 31 de dezembro de 2019.

Foto: Ascom / Campinense

Ele estava interinamente da Presidência rubro-negra, já que o empresário William Simões foi afastado do cargo em setembro por determinação da Justiça e seu vice-, o também empresário Félix Braz, o Felinho, renunciou ao cargo que herdou.

Antonino, então presidente do Conselho raposeiro, assumiu o clube com a missão de convocar novas eleições em um prazo de 60 dias. Um outro empresário, Luís de Souza, chegou a se colocar á disposição para assumir o Rubro-Negro em um mandato tampão, desde que fosse candidato de consenso. Depois de algumas declarações polêmicas, no entanto, e em meio à execução do planejamento do futebol da Raposa para 2019, o processo eleitoral extraordinário foi esquecido

Baseados numa omissão do estatuto do Campinense em relação à situação, uma vez que, mesmo afastado e banido do futebol pela Justiça Desportiva, William Simões não renunciou ao cargo, os conselheiros dispensaram a realização de uma eleição e referendaram a permanência de Antonino Macedo na Presidência cartola.

Na mesma reunião, inclusive, o conselheiro Danilo Belo assumiu a Diretoria Financeira, que até setembro era ocupada por Raul Timóteo, o qual renunciou à pasta.

Agora Antonino segue com a missão de administrar o Campinense durante o Campeonato Paraibano, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro em 2019.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube