Fechar

Fechar

Com Rafaela Silva, Reação conquista tri no Interclubes de Judô

Da Redação com Gazeta Net. Publicado em 26 de novembro de 2017 às 10:37.

Foto: Divulgação / CBJ)

Contando com o bom judô da medalhista olímpica Rafaela Silva, a equipe do Instituto Reação levou a melhor em cima do Esporte Clube Pinheiros, para se sagrar campeã do Grand Prix Nacional Interclubes feminino da modalidade, neste domingo.

A equipe do Rio de Janeiro venceu três dos cinco embates e subiu no lugar mais alto do pódio no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, na Bahia. As atletas do Minas Tênis Clube venceram o Sogipa e ficaram com o bronze.

A primeira disputa pelo título, entre Jéssica Pereira, do Instituto Reação, e Eleudis Valentim, do Pinheiros, foi decidida no Golden Score. Melhor para a atleta da equipe carioca, que fez um wazari e abriu vantagem para o grupo. Nos 57kg, Tamires Crude saiu na frente, atingindo um wazari na rival Joseane Nunes. Outro golpe de Crude encerrou a luta que ampliou o confronto para 2 a 0.

A vitória de Rafaela Silva nos 63kg, uma categoria acima da sua, sobre Jéssica Santos, deu o título ao Reação ainda no terceiro embate. Um wazari confirmou o resultado para o time carioca.

Apesar da vitória já cravada pela equipe rival, Bárbara Timo mostrou bom judô e aplicou golpe em Carolina Pereira, nos 70kg, para vencer a luta. No último embate, Maria Suelen Altheman, do grupo paulista, fez wazari em Camila Yamakawa e fechou o confronto em 3 a 2.

Minas é bronze — A medalha de bronze ficou para a equipe vice-campeão de 2016, o Minas Tênis Clube, que fez 4 a 1 em cima do Sogipa. Durante o primeiro embate, Érika Miranda dominou Layana Colman, do Minas, tentou finalizações ao longo da luta, mas a decisão foi feita nos segundos finais, com um waza, abrindo vantagem para o Sogipa.

No segundo confronto, Kamilla Silva, da equipe mineira, levou a melhor em cima de Gabrielle Gonzaga e empatou a disputa. Nos 63kg¸vestindo branco, Ketleyn Quadros mostrou bom desempenho, travando Ryanne Lima, que logo conseguiu se defender. No Golden Score, a judoca da equipe de Minas levou a melhor e virou.

Na briga dos 70kg, Sarah Nascimento conseguiu o primeiro wazari a 20 segundos do final da prova e triunfou em cima de Maria Portela, eliminada por um empurrão que colocou a rival fora da área de combate. Com o resultado, a equipe de Minas garantiu a medalha de bronze. No embate final, Isabela Sanches fez wazari em cima de Claudirene Cezar para reafirmar a vitória.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube