NO ALMEIDÃO

Com promessa de casa cheia, Bota-PB recebe Atlético-MG pela Copa do Brasil

21/02/2018 às 9:32

Fonte: Da Redação

É certo que o acesso à Serie B é o principal objetivo do calendário do Botafogo-PB. Mas é uma tarefa para o segundo semestre.

Foto: Reprodução / Esporte Interativo

Enquanto não é dado o pontapé em busca do sonho maior do botafoguense, o duelo contra o Atlético-MG, válido pela segunda fase da Copa do Brasil, que pode acrescentar R$ 1,4 milhão ao caixa do clube em caso de classificação, vem com status de “jogo do ano”. O dono da vaga será decidido em jogo único, logo mais, às 21h45, no estádio Almeidão. Diferente da primeira fase, quando o visitante jogava com a vantagem do empate, a fase atual leva a igualdade no placar para as disputas das penalidades máximas.

O início da temporada do Belo dita a expectativa do clube e da sua torcida para essa decisão. São 12 jogos disputados até aqui, com oito vitórias e quatro empates.

Dentro deste retrospecto, os 100% de aproveitamento nos três jogos disputados na Copa do Nordeste, além do favorável desempenho jogando longe de João Pessoa, simbolizam bem a fase vivida pelo alvinegro, que tem 77% de aproveitamento até a metade de fevereiro.

Embalado pela vitória maiúscula no Clássico Tradição do último domingo (18), o Botafogo-PB vai com o que tem de melhor em busca da classificação. A única dúvida fica por conta do goleiro Edson que, lesionado, deu lugar a Remerson no jogo contra o Treze.

A esperança de gols fica por conta da dupla de ataque. Dico e Nando parecem ter acertado o pé. Os dois balançaram as redes sete vezes no últimos três jogos. A equipe, que já marcou 24 gols nas três competições, conta com a efetividade ofensiva em busca da vaga na terceira fase.

Atlético-MG

A equipe mineira está em solo paraibano desde ontem (20). Tentando tomar um rumo na temporada, o Galo vive uma crise técnica e institucional, que foi amenizada com a goleada aplicada no América-MG no último domingo.

A saída conturbada do experiente Oswaldo de Oliveira do comando técnico é um dos pontos que refletem o início da jornada da equipe em 2018. Thiago Larghi,  auxiliar técnico e membro da comissão técnica fixa do clube, comanda a equipe até a diretoria chegar em um nome de consenso, já que fez propostas por Cuca, Fábio Carille e Abel Braga, todas rejeitadas.

Para o duelo de logo mais, o alvinegro não conta com o lateral direito Carlos César. Fora ele, todos os atletas estão à disposição do técnico.

Retrospecto

Botafogo-PB e Atlético-MG se enfrentaram apenas uma vez na história. O confronto aconteceu no ano de 1978, no dia 05 de abril, no estádio Almeidão. Na ocasião, o Galo venceu por 3 a 0, gols marcados por Paulo Isidoro, Danival e Marcelo.

Arbitragem

O trio de arbitragem vem do Paraná, com Rafael Traci comandando a partida, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino. Pablo Alves e João Bosco Honorato serão os suplentes.

Escalações

Botafogo-PB: Edson (Remerson), Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula, Fábio Alves; Rafael Jataí, Allan Dias, Carlos Renato, Marcos Aurélio; Dico, Nando. Técnico: Leston Júnior.

Atlético-MG: Victor, Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adílson, Elias, Otero; Róger Guedes, Erik, Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons