GOLEADA

Com golaço de bicicleta, Botafogo-PB atropela Náutico no Almeidão

21/04/2018 às 21:43

Fonte: Da Redação

O Botafogo-PB estreou diante sua torcida na Série C de 2018 enfrentando o Náutico. Pela segunda rodada do Grupo A, o Belo dominou a partida do início ao fim e, contando com um gol espetacular de Mário Sérgio, de bicicleta, à la Cristiano Ronaldo, venceu por 4 a 0 e conquistou sua primeira vitória na competição.

O time da casa jogou desfalcado. O lateral direito Felipe Cordeiro e o zagueiro Gladstone, lesionados, ficaram e fora e foram substituídos por Gedeílson e Walber, respectivamente. E o treinador Leston Júnior ainda mexeu mais na equipe, colocando Carlos Renato como titular, e compondo o meio campo com Allan Dias, que vinha sendo reserva nos últimos jogos.

Sem o entrosamento ideal, o Belo conseguiu ter tranquilidade na partida cedo.

Foto: Ascom / Náutico

Logo aos 5 minutos, o Botafogo-PB balançou as redes. No seu primeiro bom ataque, Allan Dias encontrou Gedeilson na direita. O lateral invadiu a área e tocou para trás. A defesa tocou na bola, mas ela ficou a disposição de Marcos Aurélio. Da marca do pênalti, o camisa 10 escorou de pé direito e abriu o placar no Almeidão.

Com a vantagem no marcador, o Belo deixava o time pernambucano tocando passes em seu campo de defesa e se postava bem e sua intermediária. O esquema com três volantes dava mais consistência defensiva ao time, que não deixava espaços para o Náutico utilizar em seu ponto forte, nas jogadas pelos lados do campo.

Se o goleiro Saulo praticamente não trabalhou na primeira etapa, o time da estrela vermelha também não criou mais perigos até o intervalo da partida.

Segundo tempo

Aos 10 minutos, o Botafogo-PB cortou escanteio, a bola sobrou para Marcos Aurélio, que demorou para decidir o que fazer e acabou perdendo a redonda, que sobrou para Jobsou. O camisa 8 do Náutico chutou de pé direito, com perigo para o goleiro Saulo.

Um minuto depois, em cobrança de falta do lado esquerdo, Júnior Timbó mandou com perigo, e o arqueiro botafoguense mandou para escanteio.

Apesar do esforço do Timbu em empatar, quem marcou de novo foi o Botafogo-PB, e em grande estilo.

Aos 25, Dico avançou pela esquerda, foi até a linha de fundo de cruzou para a área, onde Mário Sérgio mandou uma linda bicicleta, marcou um golaço espetacular e ampliou o placar no Almeidão.

O time pernambucano se lançou ao ataque para buscar a reação, mas quatro minutos depois de tomar o segundo gol, veio o terceiro.

Após cobrança de escanteio para o Náutico, a defesa botafoguense afastou, Marcos Aurélio ficou com a bola e lançou Dico, que avançou sozinho, desde o meio campo. Em velocidade, o xodó da torcida do Belo esperou o goleiro Bruno sair, e só tocou de pé esquerdo no canto direito para marcar mais um gol para o Botafogo-PB.

O atacante, que atuou no alvirrubro de Pernambuco no fim da Série B de 2017, fez valer a lei do ex.

Foi um balde de água fria nos visitantes, que perderam o ânimo. A torcida botafoguense chegou a gritar olé. Mas o Náutico tentou reagir aos 43, quando Júnior Timbó cobrou falta na meia esquerda, a bola bateu na barreira e passou raspando ao poste esquerdo de Saulo, mas foi pela linha de fundo.

E ainda deu tempo do triunfo virar goleada. Aos 48, Marcos Aurélio cobrou falta da intermediária, a bola desviou, matou o goleiro e morreu no fundo da rede.

A vitória deixa o Botafogo-PB com 4 pontos, e o time dorme neste sábado na liderança do Grupo A. Na segunda-feira (30), o Belo volta à campo pela Série C para enfrentar o Confiança-SE, novamente no Almeidão, às 21h15. Antes, na quinta (26), o time recebe o Bahia pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa do Nordeste.

Já o Náutico segue com 1 ponto e na próxima rodada enfrenta o Atlético-AC, em casa.

Ficha técnica

Botafogo-PB 4 x 0 Náutico

Campeonato Brasileiro Série C (Grupo A – 2ª rodada)

Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Marco Aurélio Ferreira; Marconi Helbert e Douglas Almeida, todos de Minas Gerais

Gols: Marcos Aurélio (2), Mário Sérgio, Dico (B)
Cartões amarelos: Dico, Rafael Jataí, Gedeilson, Mário Sérgio, Marquinhos (reserva) (B); Robinho (N)
Cartão vermelho: Wallace Pernambucano (direto) (N)

Botafogo-PB: Saulo, Gedeilson, Walber, Lula, Carlos Renato; Rafael Jataí (Humberto), Rogério, Allan Dias, Marcos Aurélio; Dico (Mazinho) e Nando (Mário Sérgio). Técnico: Leston Júnior.

Náutico: Bruno, Medina, Camutanga, Camacho, Kevin (Tiago Costa); Negretti, Jobson, Wendel (Tharcysio); Robinho, Rafael Assis (Júnior Timbó) e Wallace Pernambucano. Técnico: Roberto Fernandes.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons