Fechar

logo

Fechar

Com força máxima, Santos perde de virada para Goiás em jogo de muitos gols

Da redação com Folhapress. Publicado em 24 de janeiro de 2021 às 21:25.

Foto: Ascom/Santos

Foto: Ascom/Santos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Com força máxima, o Santos perdeu em casa para Goiás por 4 a 3, de virada, neste domingo (24), e desperdiçou a chance de se aproximar da zona de classificação para a Libertadores no Campeonato Brasileiro. É a segunda derrota consecutiva da equipe do técnico Cuca, superada também na última quinta (21), pelo Fortaleza.

Com 45 pontos, o Santos caiu para a décima colocação e permanece a seis pontos do Grêmio. A equipe gaúcha fecha o G6, zona que dá classificação ao continental e que pode se tornar G7 ou G8, a depender dos resultados das finais da Copa do Brasil e da própria competição sul-americana.

O resultado acende sinal amarelo no clube alvinegro. Se vencer a decisão da Libertadores contra o Palmeiras, no sábado (30), o Santos se classificará para a próxima edição do torneio, mas, em caso de derrota para o rival, a presença na edição de 2021 ficará mais difícil.

Contra o Goiás, que luta contra o rebaixamento, o Santos teve dois tempos completamente distintos. Na primeira etapa, a equipe abriu o placar logo aos 6 minutos, após boa jogada do ataque santista. Marinho, na entrada da área, deu uma passe de letra para Pituca, que cruzou para Lucas Braga completar de primeira.

Aos 38 minutos, foi a vez de Braga ajeitar e dar a assistência para Kaio Jorge, aniversariante do dia, ampliar o placar. Com vantagem de dois gols, o Santos parecia ter encaminhado uma vitória tranquila.

Mas, na segunda etapa, o Goiás melhorou e contou com boa atuação de Rafael Moura, destaque do jogo, para virar o placar. Foi dele o primeiro gol da equipe goiana, aos 10 minutos. Aos 15 minutos, o zagueiro David Duarte empatou de cabeça, e Fernandão virou aos 30 minutos para os visitantes, após pênalti cometido por Sandry.

Aos 32 minutos, Rafael Moura marcou um golaço na Vila Belmiro. Ele roubou a bola no meio de campo, driblou o defensor santista e chutou de cobertura para fazer o quarto gol do Goiás na partida. Marinho, aos 42 minutos, ainda descontou para o time da casa.

Foto: Ascom/Santos

Foto: Ascom/Santos

O Santos volta a campo pelo Brasileiro na terça (26), contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte. Diante da equipe mineira, o técnico Cuca deve mandar a campo uma formação reserva, de olho na final de sábado, quando enfrenta o Palmeiras no Maracanã

SANTOS: John, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Bruno Marques); Sandry (Guilherme Nunes), Diego Pituca (Jean Mota) e Soteldo; Marinho, Lucas Braga (Lucas Lourenço) e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

GOIÁS: Tadeu; Heron, David Duarte e Iago Mendonça; Jefferson (Vinicius), Ariel Cabral, Breno (Taylon), Shaylon (Índio) e Daniel Oliveira; Rafael Moura e Fernandão (Douglas Baggio). Técnico: Glauber Ramos.

FICHA TÉCNICA
Data: 24 de janeiro de 2021 (domingo)
Horário: 18h15 (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (32ª rodada)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo (RJ) e Thiago Henrique Neto (RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa (RJ)
Cartões amarelos: Luan Peres, Guilherme Nunes, Soteldo e Kaio Jorge (Santos); Breno, Iago Mendonça, Douglas Baggio e Rafael Moura (Goiás)
GOLS: Lucas Braga, aos seis minutos do 1º tempo (Santos); Kaio Jorge, aos 37 minutos ao 1º tempo (Santos); Rafael Moura, aos nove minutos do 2º tempo (Goiás); David Duarte, aos 14 minutos do 2º tempo (Goiás); Fernandão, aos 30 minutos do 2º tempo (Goiás); Rafael Moura aos 31 minutos do 2º tempo (Goiás); Marinho, aos 40 minutos ao 2º tempo (Santos)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube