Fechar

logo

Fechar

Ceará arranca empate com o Botafogo em jogo bem movimentado

Da redação com Folhapress. Publicado em 31 de outubro de 2020 às 20:05.

Foto: Israel Simonton / Ceará SC

Foto: Israel Simonton / Ceará SC

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Em jogo com muitas alternâncias e pênaltis marcados após intervenções do VAR, Botafogo e Ceará empataram na noite deste sábado (31), por 2 a 2.

Honda e Babi marcaram para o Botafogo. Já pelo Ceará, Cléber e Leandro Carvalho balançaram as redes.

O Botafogo deixou para trás a má impressão deixada na Copa do Brasil e fez uma boa partida no Nilton Santos. Com transpiração e inspiração, o Alvinegro tomou conta do meio de campo e ditou o ritmo da partida. Com boas atuações dos homens de criação, Warley e Babi foram acionados e participaram bem da partida. O Bota viu o rival crescer, mas teve boas possibilidades para sair com a vitória. No fim, faltou pernas para buscar os três pontos.

Após um primeiro tempo morno, o Ceará ganhou nova cara com as mexidas de Guto Ferreira, que colocou Leandro Carvalho e Ricky nas vagas de Lima e Chú. O time cresceu ofensivamente e empurrou o Botafogo para seu campo de defesa, mas também deu ao rival espaços para os contra-ataques. O time criou boas possibilidades pelo lado esquerdo e foi premiado com o empate.

Na próxima quarta (3), o Bota encara o Cuiabá em jogo decisivo na Copa do Brasil. Na Arena Pantanal, o time terá de reverter uma desvantagem de 1 a 0 para seguir na Copa do Brasil. Também pelo torneio, o Vozão recebe na quarta o Santos. No jogo de ida, empate sem gols na Vila Belmiro.

Foto: Ascom/Botafogo

Foto: Ascom/Botafogo

VAR
Aos 15 da etapa inicial, Honda cobrou pênalti e abriu o placar. A penalidade só foi conformada após intervenção do VAR. Aos 22, Cléber acertou uma bomba no ângulo e empatou. Aos 27, Babi cabeceou sem chances e desempatou. Após nova intervenção do VAR, Victor Luís, aos 36, bateu pênalti e isolou. Aos cinco do segundo tempo, Leandro Carvalho, ex-Botafogo, empatou.

BOTAFOGO
Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; Caio Alexandre (Pedro Raul), Honda (Zé Welison) e Bruno Nazário; Lecaros (Kelvin), Warley (Angulo) e Babi. Técnico: Flávio Tenius.

CEARÁ
Fernando Prass, Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho (Fernando Sobral), Charles e Vina (Wescley); Lima (Leandro Carvalho) (Eduardo Brock), Léo Chú (Rick) e Cléber. Técnico: Guto Ferreira.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2×2 CEARÁ
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)
Cartões amarelos: Bruno Nazário, Benevenuto, Honda, Angulo (BOT); Luiz Otávio, Thiago, Guto Ferreira, Fabinho, Leandro Carvalho, Wescley (CEA)
Cartões vermelhos: Luiz Otávio (CEA); Angulo (BOT)
Gols: Honda (BOT), aos 15 minutos do primeiro tempo, Cléber (CEA), aos 22 minutos do primeiro tempo, Babi (BOT), aos 27 minutos do primeiro tempo, e Leandro Carvalho (CEA), aos cinco minutos do segundo tempo.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube