...

Campina Grande - PB

BRASILEIRO

Botafogo sofre gol no fim e apenas empata com o Vitória da Bahia

12/06/2016 às 13:45

Fonte: Da Redação com Gazeta Net

O Botafogo ficou perto de acabar com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro, mas empatou por 1 a 1 com o Vitória, neste domingo, no Raulino de Oliveira. Com o resultado, os alvinegros chegaram a cinco pontos, mas seguem na lanterna da Série A. Já os baianos, com nove, continuam no meio da tabela.

No primeiro tempo, o Vitória foi um pouco superior, mas tanto os baianos quando o Botafogo criaram poucas chances de gol. Já na etapa final, os cariocas voltaram com mais vontade e marcaram com Sassá. No entanto, já nos acréscimos, os baianos chegaram ao empate, com Victor Ramos, para dar números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Botafogo vai receber o lanterna América-MG, na quarta-feira, novamente no Raulino de Oliveira. No mesmo dia, o Vitória vai até a capital paulista para encarar o São Paulo, às 19h30 (de Brasília).

O jogo – O Vitória iniciou melhor a partida e quase abriu o placar logo aos 3 minutos. Kieza recebeu passe na área, deixou a marcação para trás, mas chutou pela linha de fundo. Dois minutos depois, um lance causou preocupação a todos no estádio. O meia Flávio foi atingido na cabela por Bruno Silva em disputa de bola e caiu desacordado. O jogador chegou a ter convulsão, mas logo se recuperou. Por precaução, ele foi retirado do jogo.

O Botafogo, aos poucos, equilibrou o confronto e criou sua primeira boa chance aos 17 minutos. Anderson Aquino aproveitou bola na área, dominou com dificuldade e chutou para boa defesa de Fernando Miguel.

Depois disso, o jogo caiu de rendimento. O Vitória tinha mais posse de bola e chegava com mais frequência que o Botafogo. No entanto, nenhuma das equipes levava perigo. Com isso, a partida ficou monótona.

bota

Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Somente na parte final, o Botafogo melhorou, e quase abriu o placar. Aos 37 minutos, Ribamar foi lançado na área, mas chutou em cima do goleiro Fernando Miguel, que saiu para abafar o atacante. O Vitória seguiu com a mesma pegada, mas não incomodou o goleiro Sidão. Assim, o primeiro tempo terminou sem alteração no marcador no Raulino de Oliveira.

No segundo tempo, o Botafogo voltou mais ligado e criou logo uma chance aos 3 minutos. Sassá foi lançado, mas chutou fraco e facilitou a defesa de Fernando Miguel. Dois minutos depois, foi a vez de Luís Ricardo fazer boa jogada, tabelar com Anderson Aquino e finalizar. A bola bateu em Victor Ramos e bateu na trave.

De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao gol, aos 6 minutos. Após cobrança de escanteio, Luís Ricardo resvalou de cabeça e Sassá apareceu livre para colocar para a rede, abrindo o placar.

Após o tento sofrido, o Vitória foi para cima em busca do empate e quase conseguiu o gol aos 13. Kieza foi lançado na área, passou por Renan Fonseca e finalizou na trave.

Os visitantes voltaram a chegar com perigo aos 23. Diego Renan arriscou de longe e obrigou Sidão a fazer boa defesa. Após um período sem muita emoção, o Botafogo respondeu aos 37. Sassá foi lançado, passou por Fernando Miguel, mas perdeu ângulo e tocou para Luís Ricardo. Sem goleiro, o lateral tentou por cobertura, mas viu a zaga afastar o perigo.

Nos minutos finais, o Vitória pressionou e conseguiu chegar ao gol de empate aos 46 minutos. Após cruzamento, Victor Ramos finalizou para a rede, para dar números finais no Raulino de Oliveira.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 12 de junho de 2016, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Renda: R$ 28.340,00
Público: 1.203 pagantes
Cartões amarelos: Anderson Aquino, Sassá e Airton (Botafogo); Marinho (Vitória)
Gols: BOTAFOGO: Sassá, aos 6min do segundo tempo
VITÓRIA: Victor Ramos, aos 46min do segundo tempo

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Aírton (Fernandes), Bruno Silva, Gegê e Leandrinho (Salgueiro); Anderson Aquino e Ribamar (Sassá)
Técnico: Ricardo Gomes

VITÓRIA: Fernando Miguel, Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Alípio), Willian Farias e Flávio (Tiago Real); Dagoberto (Vander), Marinho e Kieza
Técnico: Vagner Mancini

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons