Fechar

Fechar

Botafogo-PB tropeça no rebaixado ASA e agoniza na Série C

Da Redação. Publicado em 1 de setembro de 2017.

A situação do Botafogo-PB fica pior a cada rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Contra o agora rebaixado ASA-AL, jogando no Almeidão, na noite desta sexta-feira (1º), o time empatou sem gols e agora não depende mais de si para não ser rebaixado.

Se o Moto Club-MA vencer o Cuiabá-MT neste sábado, o Belo terminará a décima sétima rodada no Z-2.

Na estreia de Ramiro Souza no comando, o time foi a campo bastante modificado. Michel Alves, barrado, nem para o banco de reservas foi. Roger Gaúcho, outro que vinha sendo aproveitado entre os titulares também nem foi relacionado.

Ainda assim, o Botafogo-PB quase abriu o placar aos 7 minutos. Após cobrança de lateral na área, o goleiro Carlão soltou a bola que estava livre para ele, Dico chegou dividindo com a zaga e a bola foi para escanteio. Na cobrança, Lito mandou na cabeça de Rafael Oliveira, que se antecipou a zaga e mandou a bola na trave.

Aos 18 minutos mais outra boa chance botafoguense. Dico recebeu na área a chutou cruzado de pé direito, com força, mas Carlão fez uma grande defesa para evitar a abertura do placar.

Na saída para o intervalo, uma confusão entre os jogadores na saída do gramado resultou na expulsão de um jogador de cada lado. Pelo Botafogo-PB, o lateral esquerdo Alysson recebeu cartão vermelho, assim com o zagueiro Fernando Lopes, do ASA-AL.

Foto: Raniery Soares / Correio da Paraíba

Segundo tempo

Com 10 de cada lado, o campo ficou maior para os dois times, que não fizeram alterações.

O Botafogo-PB começou indo para cima, e aos 5 minutos Dico fez boa jogada pelo meio e chutou da entrada da área no canto esquerdo de Marcão, que se esticou todo para desviar a bola e mandar pela linha de fundo.

Outra grande oportunidade cinco minutos depois, quando Marcinho recuperou a bola dentro da área, foi para a linha de fundo e tocou para trás. Sapé se infiltrou e bateu de pé direito, mas o arqueiro alagoano mais uma vez salvou sua equipe.

A primeira chagada do ASA-AL no jogo foi aos 22 minutos da segunda etapa, quando depois do rebote de uma bola cruzada na área, Leanderson chutou da meia lua da grande área com muito perigo. A bola passou raspando a trave direita de Edson.

O drama no Almeidão aumentava a cada minuto, e a torcida botafoguense se arrepiou ainda mais aos 33 minutos, quando Marcinho invadiu a área pela direita, chutou de pé direito, a bola passou por baixo das pernas do goleiro Carlão, mas a defesa, em cima da linha, evitou o gol do Belo.

Aos 39, mais uma chance para matar o torcedor do coração. Cleyton fez uma grande jogada pelo meio, pedalou, passou por dois jogadores e bateu de pé direito. O goleiro fez a defesa. No rebote, Vanderlei bateu para o meio da área, mas a defesa cortou.

O empate deixa o Belo com 18 pontos, ainda na oitava colocação. Na última rodada, no domingo (10), o Botafogo-PB visita o Sampaio Corrêa-MA. Com 13 pontos, o ASA-AL é o primeiro time do Grupo A rebaixado para a Série D do Brasileiro.

Ficha técnica

Botafogo-PB 0 x 0 ASA-AL

Campeonato Brasileiro Série C 2017 (Grupo A – 17ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Rodrigo D. Alonso Ferreira; Éder Alexandre e Henrique Neu Ribeiro

Cartões amarelos: Patrick Mota, André (B); Leanderson, Fernando Lopes, André Lima, Douglas, Leandro Kível, Bruno (A)

Cartões vermelhos: Alysson (B); Fernando Lopes (A)

Botafogo-PB: Edson, Lito (Cleyton), Plínio, André, Alysson; Djavan, Patrick Mota, Sapé, Marcinho (Warley); Dico, Rafael Oliveira (Vanderlei). Técnico: Ramiro Souza.

ASA-AL: Carlão, Douglas (Everton), Fernando Lopes, André Lima, Airton; Kessi, Rafael Tavares, Jhullian (Kanu); Leandro Kível, Juninho (Bruno). Técnico: Marcelo Vilar.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube