Fechar

logo

Fechar

Botafogo-PB “massacra” o Imperatriz-MA na reestreia de treinador

Da Redação com VozDaTorcida. Publicado em 7 de novembro de 2020 às 18:56.

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Botafogo-PB e Imperatriz-MA abriram a décima quarta rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro de 2020 se enfrentando no estádio Almeidão, neste sábado (07).

Sem piedade, na reestreia de Evaristo Piza, o Belo venceu o Cavalo de Aço por 7 a 0, segue na zona de rebaixamento, mas ganha confiança para a sequência do torneio. A derrota matematicamente rebaixa a equipe maranhense para a quarta divisão do ano que vem.

Mesmo com a goleada, o Botafogo-PB segue na zona de rebaixamento, mas com 15 pontos, fica apenas um atrás do Treze, primeiro time fora do Z2. O Imperatriz, com 1 ponto, está matematicamente rebaixado. No dia 16, o Belo volta a campo para enfrentar o Vila Nova-GO, fora de casa, enquanto o Cavalo de Aço cumpre tabela contra o Paysandu, no mesmo dia.

O JOGO

Quem começou abrindo os trabalhos foi o Imperatriz. Logo no primeiro minuto, Vinícius Machado invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado, obrigando Felipe a fazer boa defesa e salvar o Belo. Foi o único suspiro da equipe maranhense na partida.

A resposta botafoguense veio em um lance casual. Aos 6, Mário avançou pela esquerda e tentou cruzar. A bola desviou em Adriano e quase encobriu o goleiro Jairo, que se esticou todo par mandar a bola pela linha de fundo.

Outra boa chance botafoguense veio aos 14. Vitinho lançou Ramon na área, o atacante escorou e Rodrigo Andrade recebeu livre dentro da área. O camisa 10 bateu firme de pé esquerdo, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

Dois minutos mais tarde, Diego Rosa recebeu na frente do goleiro e Jairo fez a defesa. Na sobra, o arqueiro derrubou Diego Rosa. O árbitro Rodrigo José Pereira de Lima marcou pênalti e deu cartão vermelho para o camisa 1 maranhense.

Na cobrança, aos 19, Ramon foi para a bola e bateu firme, no canto direito de Rodrigo Calchi, que ainda pulou no canto, mas não foi o suficiente para fazer a defesa. O Belo abriu o placar no Almeidão.

O Botafogo-PB pressionava com um homem a mais e aos 26 Ramon recebeu na área, driblou Rodrigo Calchi e bateu. A defesa cortou em cima da linha mas a bola voltou para Ramon, que cruzou para Diego Rosa aparecer livre e só escorar para marcar o segundo gol do time pessoense na partida.

No lance seguinte, Diego Rosa perdeu um gol incrível. Ramon mais uma vez invadiu a área e passou pelo goleiro antes de tocar para seu parceiro de ataque, que sozinho na pequena área conseguiu tocar em cima da defesa, e a bola foi para escanteio.

Estava fácil. Aos 39, o zagueirão Rodrigo aproveitou cruzamento de Mário e bateu firme, da entrada da pequena área, e fez o terceiro do Belo na partida.

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Segundo tempo

Em ritmo de treino, o Botafogo-PB atacava, atacava e atacava. E depois de algumas chances desperdiçadas por Diego Rosa, Mário subiu pela esquerda aos 6 minutos e Rodrigo Andrade cabeceou bem, no canto esquerdo do goleiro, anotando o quarto tento botafoguense no jogo.

Aos 16 minutos, Marcos Aurélio foi derrubado na área e sofreu pênalti. Na cobrança, o próprio meia mandou no canto direito do goleiro, que caiu para o outro lado, e marcou em sua reestreia, o quinto do Botafogo-PB no jogo.

O jogo era tão fácil que até quem andava sumido apareceu. Everton Heleno entrou na vaga de Marcos Aurélio e, aos 39 minutos, recebeu na área, limpou dois marcadores e bateu firme de direita. Rodrigo Calchi até tocou na bola, mas ela morreu no fundo do gol, o sexto do Belo.

Ainda deu tempo sair o sétimo. Aos 44, Everton Heleno deu lindo passe para David Batista, que invadiu a área livre, de frente para o goleiro, e estufou a rede.

Ficha técnica

Botafogo-PB x Imperatriz-MA

Campeonato Brasileiro da Série C 2020
Grupo A – 14ª rodada
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Rodrigo José Pereira de Lima; Bruno César Chaves e John Andson Alves, todos de Pernambuco.

Gols: Ramon, Diego Rosa, Rodrigo, Rodrigo Andrade, Marcos Aurélio, Everton Heleno, David Batista (B)
Cartões amarelos: Juninho (B)
Cartão vermelho: Jairo (I)

Botafogo-PB: Felipe, Erivélton (Higor Leite), Donato, Rodrigo, Mário; Vitinho, Juninho, Rodrigo Andrade (Marlon), Marcos Aurélio (Everton Heleno); Diego Rosa (Cristian) e Ramon (David Batista). Técnico: Evaristo Piza.

Imperatriz-MA: Jairo, Judson, Ramon, Douglas, Lorran; Adriano, Nonato (Rodrigo Calchi), Edu Amparo, Vinícius Machado (Cebolinha) (Blaise); Cesinha e Reginaldo Júnior (Wesley). Técnico: Charles Guerreiro.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube