Fechar

Fechar

Botafogo-PB encara o xará paulista no primeiro confronto pelo acesso à Série B

Da Redação. Publicado em 19 de agosto de 2018 às 10:05.

A dois passos do paraíso. É onde está o Botafogo-PB neste domingo (19), quando começa a decidir seu futuro na Série C do Campeonato Brasileiro. Contra o Botafogo-SP, em 180 minutos, o time paraibano disputa uma vaga na segunda divisão nacional do ano que vem. O primeiro jogo será logo mais, às 19h, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

O Belo terminou a fase de grupos em alta. Depois de uma oscilação que rendeu a incômoda marca de seis partidas sem vencer, na reta final, o time dirigido por Evaristo Piza se encorpou e atingiu sete jogos sem perder, arrancada que rendeu a quarta colocação, e o direito de disputar o mata-mata do acesso.

Com o artilheiro Nando suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate por 2 a 2 com a Juazeirense, o Botafogo-PB só tem um desfalque para a partida. Em contrapartida, o treinador terá alguns retornos importantes.

O goleiro Saulo, o lateral direito Gedeilson, o zagueiro Júnior Lopes e os volantes Rafael Jataí e Rogério, que não atuaram contra os baianos por estarem suspensos, voltam ao time e iniciam as quartas de final zerados no número de cartões. Na frente, Leandro Kível é o substituto natural do camisa 9, apesar de Piza ter testado uma formação com Mário Sérgio atuando mais avançado durante a semana.

A tarefa do Belo para conseguir o acesso será dura, uma vez que seu xará paulista mostrou sua força na primeira fase terminando na liderança do Grupo B. Com vários jogadores experientes no elenco como o zagueiro Plínio, ex-Botafogo-PB, o atacante Pimentinha e o meia Tchô, por exemplo, a Pantera tem um ataque poderoso. A dupla formada por Caio Dantas e Felipe Augusto marcou 19 gols ao todo, apenas três a menos que todo o time da estrela vermelha, por exemplo.

Foto: Nádya Araújo/ Botafogo-PB

Foto: Nádya Araújo/ Botafogo-PB

Léo Condé, treinador do Botafogo-SP, fez mistério durante toda a semana sobre a escalação. Certo mesmo é o desfalque do lateral esquerdo Daniel Vaçan, que está suspenso. O meia Tchô e o lateral esquerdo Peri, que se recuperaram de lesão, estão liberados para atuar.

Em toda história, os dois times só se enfrentaram uma vez. No Campeonato Brasileiro de 1978, quarenta anos atrás. A partida foi disputada em Ribeirão Preto, e os paulistas venceram por 2 a 1.

Arbitragem

O trio de arbitragem é todo da FIFA e pertence ao estado de Goiás. Wilton Pereira Sampaio apita o jogo, acompanhado dos auxiliares Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphel Pires. O quarto árbitro será Bruno Rezende da Silva.

Escalações

Botafogo-PB: Saulo, Gedeilson, Gladstone, Júnior Lopes, Fábio Alves; Rafael Jataí, Rogério, Juninho, Clayton Rosa e Marcos Aurélio; Leandro Kível. Técnico: Evaristo Piza.

Botafogo-SP: Tiago Cardoso, Marcos Martins, Carlos Henrique, Plínio, Peri; Yuri, Léo Baiano, Everton Santos; Pimentinha, Felipe Augusto e Caio Dantas. Técnico: Léo Condé.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube