Fechar

logo
logo

Fechar

Botafogo-PB confirma favoritismo contra Atlético-PB e chega à final do Estadual

Da redação/Evandro Reis. Publicado em 23 de abril de 2017 às 18:30.

foto: Voz da Torcida

O Botafogo é finalista do Campeonato Paraibano. Com larga vantagem por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0, o Belo recebeu o Atlético de Cajazeiras neste domingo, no Almeidão, e confirmou seu favoritismo, ao derrotar novamente o adversário, agora por 1 a 0.

Com a vantagem de poder perder por até três gols de diferença, o time botafoguense poupou alguns titulares. Mesmo assim, deu a impressão de que iria golear novamente o Trovão Azu, pois marcou o gol logo a um minuto de partida, por intermédio de Fernandinho.

Agora, o Belo vai decidir o título contra o Treze, que eliminou o rival Campinense neste dominho, após empate sem gols na partida de volta. A primeira, em Campina Grande, no dia 30, e a segunda, no Almeidão, dia 7 de maio.

Por serem finalistas, Bota e Galo  garantiram bom calendário em 2018, como a Copa do Nordeste e Copa do Brasil. O Treze também garantiu a Série D.

Mal rolou a bola e o Botafogo-PB já abriu o placar. Com um minuto de jogo, Marcinho achou Fernandinho na entrada da área. O atacante cortou para o meio e só colocou a bola no canto direito de Gerson, que só observou a bola ainda tocar na trave antes de morrer no fundo do gol.

Com a vantagem ainda maior, o Belo levava o jogo em banho maria, e aproveitava que o Trovão não oferecia perigo para tentar criar chances quando tinha posse de bola.

A0s 30 minutos, quase sai o segundo gol. Fernandinho puxou contra-ataque mas foi desarmado. A bola sobrou para Marcinho, que fintou o defensor e cruzou de pé esquerdo. A pelota bateu na trave esquerda, e na sobra Wanderson chutou de pé esquerdo, mas a defesa afastou o perigo.

No fim do primeiro tempo, a situação se complicou mais ainda para a equipe atleticana. Romerito fez falta na lateral direita e recebeu o cartão amarelo. Após a advertência ele reclamou acintosamente com o árbitro Josemarques Domingues, que aplicou o segundo amarelo, e consequentemente expulsou o jogador, que se descontrolou, tentou partir para cima do juiz, e precisou ser contido por seus companheiros e pela polícia para que a partida pudesse ter andamento.

No meio da confusão, o atacante Mosquito e o zagueiro Walter, que estavam no banco atleticano, também receberam cartão vermelho.

Com a vantagem no placar e no número de homens em campo, o Belo voltou do intervalo administrando o placar, sem se esforçar para atacar, apenas segurando o Trovão Azul, que não conseguia reagir.

O primeiro lance de mais emoção na metade final do jogo aconteceu aos 27 minutos, quando Marcinho recebeu na área e tocou para Wanderson, que da marca do pênalti bateu livre, de pé esquerdo, mas mandou a bola para fora.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 0 Atlético de Cajazeiras (agregado 4 x 0)
Campeonato Paraibano 2017 (segundo jogo das semifinais)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Josemarques Domingues; José Maria Neto e Broney Machado

Gols: Fernandinho (B)
Cartões amarelos: Lito, Bruno Maia, Gustavo (B); Gustavo, Romerito, Charles Wagner (A)
Cartões vermelhos: Romerito, Mosquito, Walter (A)

Botafogo-PB: Michel Alves, Lito (Gustavo), Plínio, Bruno Maia, Jadson; Djavan, Sapé (Victor Feitosa), Fernandes, Marcinho; Fernandinho (Warley), Wanderson. Técnico: Itamar Schulle.

Atlético de Cajazeiras: Gerson, Vicente, Saulo, Márcio, Wesley (Tchê Tchê), Alisson; Gustavo, Charles Wagner, Romerito, Rato (Aleff); Luciano (Juninho). Técnico: Cleibson Ferreira.

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube