Fechar

logo

Fechar

Bota-PB vence Vila-GO e empurra o Treze para zona de rebaixamento

Da Redação com VozDaTorcida. Publicado em 16 de novembro de 2020 às 20:01.

Foto: Ascom/Vila Nova

Foto: Ascom/Vila Nova

Vila Nova e Botafogo-PB se enfrentaram na noite desta segunda-feira (16), pela décima quinta rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro no estádio OBA, em Goiânia. Com gol de Everton Heleno e uma defesa de pênalti do goleiro Felipe, o Belo conseguiu vitória importante que o tirou da zona de rebaixamento e colocou a dois pontos do Manaus, quarto colocado.

Com a vitória, o Botafogo-PB chegou aos 18 pontos e deixou a zona de rebaixamento, subindo para a sétima colocação. O Treze entrou no Z2. O Vila Nova segue com 24 pontos na terceira posição da chave. Na próxima rodada, o Belo recebe o Remo, no Almeidão, na segunda (23). Por sua vez, o Tigre, no sábado (21), visita o Imperatriz-MA, no estádio Frei Epifânio.

O treinador Evaristo Piza mudou o time pessoense com relação ao time que goleou o Imperatriz. A maior surpresa foi a escalação de Everton Heleno como titular, com Rodrigo Andrade e Higor Leite ficando no banco de reservas.

Por volta dos 40 segundos de jogo o Botafogo-PB organizou uma boa trama no meio campo com Everton Heleno e Marcos Aurélio, que foi derrubado na meia-lua da grande área e o árbitro marcou falta. O camisa 8 cobrou firme, passando entre a barreira, mas desviou em Alan Mineiro e foi por cima do gol, assustando o time da casa.

O Belo chegou a abrir o placar aos 18 minutos, mas o árbitro anulou. Diego Rosa tocou para Mário na esquerda e a bola foi alçada para a área. Marcos Aurélio bateu de primeira e mandou no ângulo do goleiro, mas o assistente Sérgio Alexandre da Silva anotou impedimento do lateral-esquerdo botafoguense no início da jogada.

Três minutos depois o Vila mostrou suas armas e após bate-rebate na grande área, Rodrigo Alves bateu cruzado de direita, mas a bola passou a direita do poste de Felipe.

Em jogada de Vitinho pela esquerda, a bola passou por todo mundo e Everton Heleno apareceu de carrinho na pequena área para escorar para o gol e abrir o placar para o Botafogo-PB aos 38 minutos de jogo.

O Tigre tentou empatar aos 42, após cobrança de escanteio da direita. Henan cabeceou para o gol e Felipe fez grande defesa. Na sobra, Juninho atropelou o zagueiro Danrlei e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Alan Mineiro mandou no canto esquerdo de Felipe, que fez grande defesa e evitou o empate.

Segundo tempo

Assim como na primeira etapa, o Botafogo-PB voltou do intervalo assustando. Primeiro em cruzamento de Marcos Aurélio que Everton Heleno escorou, logo com 1 minuto, e o goleiro Marcão fez a defesa. Aos 6, Diego Rosa roubou a bola na intermediária e tocou no canto esquerdo do arqueiro, mas a bola foi para fora, passando perto da trave.

O Vila Nova tentou responder aos 9, quando Emanuel Biancucchi abriu na esquerda para Mário Henrique, que bateu cruzado, e assustou Felipe, mandando a bola raspando seu poste esquerdo.

Aos 13 minutos, o Belo foi prejudicado pela arbitragem. Diego Rosa cruzou para Ramon, que sofreu a carga do cotovelo do Danrlei em suas costas, mas o árbitro Marcos Mateus Pereira, do Mato Grosso do Sul, fez vista grossa e não marcou nada.

Felipe se mostrava um dos grandes do jogo e ele fez nova intervenção aos 20 minutos. Henan chutou firme da entrada da área e o camisa 1 botafoguense se esticou todo para desviar a bola que ia no seu canto direito para escanteio.

O Tigre ficou com um a menos aos 23 minutos, quando Pablo levou o segundo amarelo poucos instantes depois de ter levado o primeiro.

A polêmica mudou de lado aos 31. Após cobrança de escateio da esquerda, Danrlei cabeceou e balançou a rede, mas o juiz deu falta após enxergar o braço do zagueiro nas costas de Donato, anulando o gol.

Marlon, que havia entrado há pouco tempo, chutou da entrada da área e obrigou Marcão a ir buscar a bola que ia no seu canto direito, aos 37 minutos, fazendo boa defesa e evitando o segundo tento botafoguense.

Mesmo com o Vila atacando mais, o Belo era quem criava perigo. Aos 41, Rodrigo Andrade recebeu na entrada da área a bateu firme de canhota, mas o goleiro colorado espalmou e fez a defesa em dois tempos.

E o Belo teve mais um gol anulado. Ainda aos 48, Higor Leite achou passe açucarado para David Batista, que chegou a balançar a rede, mas o juiz marcou falta, alegando solada do camisa 9 no goleiro Marcão.

Ficha técnica

Vila Nova-GO 0 x 1 Botafogo-PB

Campeonato Brasileiro da Série C 2020
Grupo A – 15ª rodada
Estádio: OBA (Goiânia)

Arbitragem: Marcos Mateus Pereira; Marcos dos Santos Brito e Sérgio Alexandre da Silva, todos do Mato Grosso do Sul.

Gols: Everton Heleno (B)
Cartões amarelos: Alan Mineiro, Pablo, Celsinho, Mário Henrique (V); Everton Heleno, Rodrigo Andrade, David Batista (B)
Cartão vermelho: Pablo (V)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube