Fechar

Fechar

Técnico do Bota-PB não garante permanência de Walber após retorno de Gladstone

Da Redação. Publicado em 2 de maio de 2018 às 20:47.

Na noite de segunda (30), o Botafogo-PB conquistou mais uma vitória na Série C, dessa vez sobre o Confiança-SE, e assumiu a liderança isolada do Grupo A da competição.

Com mais uma grande atuação coletiva, as boas novas se espalham na Maravilha do Contorno, com especial destaque para solidez defensiva da equipe, que não sofreu nenhum gol nas três primeiras rodadas.

Durante o começo da temporada, a retaguarda foi o setor que mais sofreu com críticas por parte da torcida por ceder muitos gols. Foram onze em dez jogos na primeira fase do paraibano, para equipes mais fracas que as do torneio nacional que se avizinhava.

Diante dessa situação, diretoria e a comissão técnica se movimentaram para tentar mudar esse quadro. As alterações feitas nas laterais e a contratação do goleiro Saulo, em conjunto com um melhor desempenho coletivo, contribuíram para a melhoria da performance defensiva do conjunto botafoguense.

Foto: Voz da Torcida

Titular nos três últimos jogos, o jovem zagueiro Walber (foto) é um símbolo dessa mudança de patamar dos defensores na temporada. Quando precisou entrar em campo durante o campeonato paraibano, não foi bem, como no jogo contra o CSP, que terminou empatado em 3 a 3, sendo criticando por suas falhas de posicionamento. Já nos últimos confrontos, tanto pela Série C quanto pela Copa do Nordeste, quando teve que jogar improvisado na lateral no segundo tempo diante do Bahia, seu desempenho foi extremamente seguro para um jovem da sua idade, e chamaram a atenção pela evolução dentro de campo.

Ao ser questionado sobre as boas atuações de Walber e como isso vai influir em suas escolhas com a volta de lesão do experiente Gladstone, o técnico Leston Júnior preferiu enaltecer todo o conjunto da equipe.

– Quando voltar a gente vai pensar nisso. Mas mais uma vez para mostrar que a gente não individualiza a avalição, o Walber entrou em jogo que nós tomamos três gols contra o CSP aqui, entrou quando nós tomamos gol contra o Serrano lá em Campina Grande. Nós não tomamos gol porque o Walber entrou, não tomamos gol porque coletivamente nós fizemos um grande jogo. O Walber é uma promessa que tem potencial, mas ele é mais um ingrediente dessa engrenagem que é o esporte coletivo – concluiu.

Ainda não se sabe quando será a volta do Gladstone, se já para a volta das quartas definal do Nordestão, contra o Bahia, ou no domingo, diante do ABC, em Natal, pela quarta rodada da Série C. Mas, ao que tudo indica, é que o técnico terá boas opções para o setor no decorrer da temporada.

Baixa na defesa

Primeira contratação anunciada após o término do Campeonato Paraibano, o zagueiro Adalberto, que chegou a entrar em campo no primeiro jogo contra o Bahia, pelas quartas de final do Nordestão, não deve mais permanecer no Belo.

É que o jogador foi pego no exame anti-doping realizado na última rodada do Campeonato Paulista, quando atuava pelo Linense. Segundo a diretoria botafoguense, o clube não deve sofrer punições pelo zagueiro ter atuado, já que foi informada da suspensão preventiva apenas na sexta-feira, dia seguinte a partida.

O Botafogo-PB agora aguarda o desfecho do caso para saber se contará ou não com o atleta para o restante da temporada. Mas, precisando rapidamente de peças para o setor, já que, com a contusão de Gladstone, só tem Júnior Lopes como opção no banco de reservas, é provável que outro defensor chegue para seu lugar.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube