Fechar

logo

Fechar

Auditor pede vistas e suspende julgamento de dirigentes paraibanos no STJD

Da Redação. Publicado em 10 de outubro de 2018 às 10:34.

O julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que começou ontem e colocou em pauta 19 integrantes do futebol paraibano denunciados por manipulação de resultados, foi suspenso e ainda não tem data para prosseguimento.

O auditor Vanderson Maçullo pediu vistas do processo para analisar a competência da 3ª Comissão Disciplinar do tribunal para julgar o caso.

Foto: Ascom / STJD

Até o momento, 20 pessoas foram denunciadas em dois processos da Procuradoria da Justiça Desportiva. Nesta terça-feira, apenas o árbitro alagoano Francisco Carlos Nascimento, o Chicão, que apitou primeira partida da final do Campeonato Paraibano 2018 (Campinense 1 x 0 Botafogo-PB), compareceu para prestar depoimento.

Dentre os nomes citados, a denúncia traz ex-membros da Federação Paraibana de Futebol (FPF), do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), da Comissão de Arbitragem de Futebol da Paraíba (Ceaf-PB) e de dirigentes de clubes.

Amadeu Rodrigues, ex-presidente da FPF, Lionaldo Santos, ex-presidente do TJDF-PB e Breno Morais, ex-vice de futebol do Botafogo-PB, são alguns dos denunciados.

Em outra denúncia, que também seria julgada nesta terça-feira, o ex-presidente do Campinense, William Simões, também foi acusado de fazer parte do esquema que buscava manipular resultados no futebol do estado.

Saiba quem são os denunciados na Justiça Desportiva:

– Amadeu Rodrigues (ex-presidente da FPF)
– William Simões (ex-presidente do Campinense)
– Breno Morais (ex-vice-presidente de Futebol do Botafogo-PB)
– Lionaldo Santos (ex-presidente do TJD-PB)
– Marinaldo Barros (ex-procurado do TJD-PB)
– José Renato (ex-presidente da Ceaf-PB)
– Severino Lemos (integrante da Ceaf-PB)
– Genildo Januário (vice-presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol da Paraíba)
– Adeilson Carmo (árbitro da FPF)
– Antônio Carlos Rocha, o “Mineiro” (árbitro da FPF)
– Antônio Umbelino (árbitro da FPF)
– Éder Caxias (árbitro paraibano da CBF)
– Francisco Santiago (árbitro da FPF)
– João Bosco Sátiro (árbitro paraibano da CBF)
– José Maria Netto (árbitro auxiliar paraibano da CBF)
– Tarcísio José, o “Galeguinho” (árbitro auxiliar da FPF)
– Josiel Ferreira (árbitro auxiliar da FPF)
– José Araújo da Penha (ex-funcionário da FPF)
– Danilo Ramos (massagista)
– Francisco Carlos do Nascimento (árbitro alagoano da CBF)

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube