IGUAIS

Atlético-PB marca no fim e Auto Esporte abre torneio da morte ainda sem vencer

07/03/2018 às 22:28

Fonte: Da Redação

Na abertura do quadrangular da morte, o Auto Esporte recebeu o Atlético de Cajazeiras, no Almeidão, nesta quarta-feira (07). Por pouco o Macaco Autino não conquista a primeira vitória no Paraibano. O time até saiu na frente do placar com um golaço de Raimundinho mas, aos 46 do segundo tempo, o zagueiro Saulo igualou o placar.

Apesar de uma escalação com três atacantes, o alvirrubro das Mangabeiras ficou o tempo todo da partida esperando o Trovão atacar para sair no contra-ataque com seus ponteiros. No início do jogo, Biro Biro ficava aberto pela direita, enquanto o estreante Wanderley era o atacante pelo lado esquerdo, com a função de municiar Jandyr Balotelli, posicionado pelo centro.

Foto: Voz da Torcida

Mas as duas equipes fizeram questão de mostrar porque estão brigando contra o rebaixamento. Apesar de muito brigado, o jogo tinha muito pouca qualidade técnica e organização dentro de campo.

Apenas aos 27 minutos saiu a primeira jogada de perigo. Dwann, camisa 10 do Auto, recebeu a bola no meio campo e encontrou Wanderley na direita. O experiente atacante bateu cruzado de perna direita, e Gerson teve que fazer uma boa defesa para evitar o primeiro tento do jogo.

Aos 32, a resposta atleticana, com Edson Pitbull, que recebeu na entrada da área e mandou a bomba de pé direito, mas Vladimir caiu e segurou a bola.

O Macaco Autino voltou a assustar com Léo Lima. O meio campista pegou a bola na intermediária, aos 37 minutos, e dali mesmo soltou um tiro de pé canhoto, obrigando Gerson a se esticar todo e espalmar para escanteio.

No segundo tempo o Atlético começou pressionando, mas quem abriu o placar foi o Auto Esporte. Aos 5 minutos, David Modesto puxou lateral, Biro Biro recebeu na direita e cruzou para a área. Após bate-rebate, a bola sobrou na meia lua para Raimundinho, que acertou um lindo chute, no ângulo direito de Gerson, colocando o alvirrubro na frente do marcador.

O Trovão Azul teve tudo para conseguir o empate aos 30 minutos, quando Gustavo Rato cobrou falta na área, onde três jogadores de azul ficaram sozinhos com Vladimir. Renan cabeceou, o arqueiro conseguiu rebater e nenhum atleticano conseguiu pegar a sobra para mandar para a rede.

Perto do fim da partida, o Atlético de Cajazeiras teve Bruno Silva expulso. No Auto, o zagueiro Luiz Paulo, por fazer cera, também tomou cartão vermelho.

Nos acréscimos, aos 46 minutos, o zagueiro Saulo, que fazia as vezes de atacante, recebeu na pequena área a bola que veio da esquerda e empurrou para as redes, empatando o jogo.

Pela segunda rodada, no domingo (11), o Auto Esporte vai ao sertão enfrentar o Nacional de Patos, enquanto o Atlético de Cajazeiras recebe a Desportiva Guarabira.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons