JULGAMENTO

Atacante do Flamengo aguarda decisão da Fifa sobre doping

02/12/2017 às 11:06

Fonte: Gazeta Press

foto: Divulgação/Flamengo

Depois de um longo julgamento na sede da Fifa, em Zurique, com duração de mais de quatro horas, Paolo Guerrero saiu confiante de que conseguiu provar tudo o que deveria para não ser punido pela entidade máxima do futebol. O atacante do Flamengo e da Seleção Peruana revelou que está descartado qualquer uso de cocaína e aguarda a decisão final, que deve ser anunciada na próxima segunda-feira.

“Estou tranquilo e vim até a Suíça para provar isso. Posso dizer que está descartado qualquer uso de cocaína. Isso não conta mais e estou seguro da absolvição”, disse Guerreiro. “Foi um longo julgamento, mais de quatro horas, mas consegui utilizar todas as provas fundamentais”, completou o atacante.

Paolo Guerrero testou positivo para a substância benzoilecgonina, principal ativo da cocaína, após a partida contra a seleção da Argentina, pelas Eliminatórias. Assim que foi anunciado o resultado do exame, o atleta foi obrigado a cumprir a punição preventiva de 30 dias, que tirou o camisa nove da repescagem para a Copa do Mundo de 2018, quando o Peru superou a Nova Zelândia, e das partidas do Flamengo, onde vem treinando de forma separada.

Presente na cocaína, a substância encontrada na urina de Guerrero também faz parte de um chá comum de ser ingerido no Peru. Os advogados do atleta utilizaram como justificativa o consumo do chá de folha de coca para a defesa. Além disso, a defesa diz contar com resultados convincentes de exames realizados com fios de cabelo do peruano para provar a inocência.

Guerrero ainda segue cumprindo a suspensão preventiva de 30 dias de duração. Assim que o período acabar, será dado o veredito em relação ao futuro do jogador, que alimenta esperanças de participar da Copa do Mundo pela seleção peruana.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons