Fechar

logo

Fechar

Após saída de treinador, Coritiba se reabilita em cima do Bragantino

Da redação com Folhapress. Publicado em 23 de agosto de 2020 às 19:01.

Foto: Diogo Reis/AGIF

Foto: Diogo Reis/AGIF

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – RB Bragantino e Coritiba se enfrentaram na tarde deste domingo (23), no Nabi Abi Chedid, em São Paulo, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo terminou com vitória do paranaense por 2 a 1, de virada.

Foi a segunda derrota do time do interior paulista e a primeira atuando em casa. Já o Coritiba conquista a primeira vitória e soma seu primeiro ponto. Nas rodadas interiores, o time paranaense havia perdido para Inter, Bahia, Flamengo e Corinthians.

Para a próxima rodada, o Bragantino viaja ao Ceará para enfrentar o Fortaleza no Castelão, em jogo que acontece sábado (29) às 21h. Já o Coritiba recebe em casa o Sport para a partida que acontece às 16h de domingo (30) no Couto Pereira.

O destaque da partida foi o lateral William Matheus, que participou de quase todas as tentativas de jogadas ofensivas do Coritiba no primeiro tempo. Mas a recompensa veio só na segunda metade de jogo, quando se atentou para a movimentação dos colegas de equipe e tomou uma decisão acertada ao cruzar a bola para o gol de Robson, que virou o placar do jogo.

O Bragantino começou jogando com pressão na saída de bola do Coritiba, e se manteve relativamente melhor que o rival ao conseguir roubar algumas bolas e construir jogadas, ainda que com muitos erros. No entanto, o time da casa conseguiu abrir o placar no final do primeiro tempo com Alerrandro, mas o placar logo se igualou com o pênalti cobrado por Sabino.

Na volta do intervalo, um Bragantino desfalcado tanto pelo zagueiro expulso (Fabrício Bruno), quanto por Alerrandro, que deslocou o ombro em uma disputa de bola, cedeu para a virada e apostou em tentativas desesperadas que terminaram em erros.

O Coritiba teve dificuldades de jogar logo no início da partida, sofrendo com a pressão do time da casa, e seguiu sem criar nenhum tipo de ameaça para o goleiro Cleiton. A primeira chance veio logo depois do gol do Bragantino, com um ataque de Sassá, que ficou cara a cara com o goleiro, mas foi derrubado na área por Fabrício Bruno. Sabino cobrou o pênalti e conseguiu igualar o placar.

No segundo tempo, a vantagem de ter um homem a mais em campo apareceu e Robson marcou o gol de virada. O Coxa seguiu criando melhores chances e chegou a marcar novamente, mas o VAR indicou impedimento e o terceiro gol foi anulado.

Foto: Diogo Reis/AGIF

Foto: Diogo Reis/AGIF

RB BRAGANTINO
Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno, Edimar (Weverson); Ryller, Matheus Jesus (Luis Phelipe), Claudinho (Robinho); Artur, Morato (Ligger), Alerrandro (Lucas Evangelista). T.: Felipe Conceição.

CORITIBA
Wilson; Patrick Vieira (Jonathan), Rhodolfo, Sabino, William Matheus; Matheus Galdezani (Rodolfo Filemon), Matheus Bueno (Luis Henrique), Luiz Henrique; Sassá (Igor Jesus), Neilton, Robson (Wellissol). T.: Mozart

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Juiz: Gilberto Rodrigues Castro Junior
Cartões amarelos: Matheus Jesus (Bragantino)
Cartão vermelho: Fabrício Bruno (Bragantino)
Gols: Alerrandro, aos 45min do primeiro tempo (Bragantino); Sabino, aos 49min do primeiro tempo, e Robson, aos 8min do segundo tempo (Coritiba)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube