Fechar

Fechar

Acusados de formar “panela”, mais três jogadores deixam Atlético de Cajazeiras

Da Redação. Publicado em 1 de fevereiro de 2018 às 12:07.

Depois de rescindir o contrato do zagueiro Fábio Bilica, que alegou motivos pessoais para deixar o clube, o Atlético de Cajazeiras segue com mudanças.

Apesar da segunda colocação no Grupo B do Paraibano com 6 pontos, dois a menos que o líder Treze, e a mesma pontuação do terceiro colocado, o Serrano, a avaliação interna é que o desempenho nos cinco primeiros jogos deixou a desejar.

Tentando identificar os problemas que fazem o time não render, a diretoria do Trovão Azul agiu e dispensou mais três jogadores na quarta-feira (31).

O lateral direito Caio Felipe, o volante Luiz Gustavo e o meia Tchê Tchê foram vistos como influência negativa no vestiário pois, segundo apurado, estariam criando um clima adverso para o treinador Índio Ferreira, que ganhou força interna depois de entregar o cargo no fim do jogo que acabou com derrota para o Botafogo-PB, mas ser convencido a permanecer pelos dirigentes atleticanos.

Foto: Divulgação

Como em uma queda de braço, se Índio ficou, os líderes da “panela” saíram, e não fazem mais parte do plantel do Atlético de Cajazeiras.

No domingo (04), com todos seus problemas internos resolvidos ou não, o Trovão Azul vai até Patos enfrentar o Nacional, pela sexta rodada do estadual.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube