...

Campina Grande - PB

Dilma ataca a “cara de pau” de Temer e avisa o “encontro marcado” com 2018

19/03/2017 às 16:59

Fonte: Da Redação

Foto: Reprodução/PT. ORG - Facebook

Foto: Reprodução/PT. ORG – Facebook

“Hoje o Rio São Francisco está nos ajudando a lavar a alma do povo brasileiro”.

Foi o que disse a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), no início de seu pronunciamento, neste domingo, na cidade de Monteiro (PB), no ato público com a presença de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva.

A petista atacou “a cara de pau de dizer que a obra da transposição, do tamanho dessa, poderia ser feita, resolvida, em seis meses”, numa referência ao governo que a sucedeu, comandado por Michel Temer (PMDB).

Dilma reiterou que foi vítima de “um impeachment sem crime de responsabilidade”.

Foto: PT/PB

Foto: PT/PB

“Até as pedras desse País sabem que eu não cometi nenhum crime”, bradou.

A ex-presidente observou que “essa obra (transposição) estava praticamente concluída quando eu deixei o governo”.

Na parte final de sua fala, Dilma Rousseff afirmou que “todos nós temos um encontro marcado com a democracia, que será em outubro de 2018, quando vamos discutir o destino deste País”.

Veja também

Comentários