Fechar

Fechar

Tessituras

Elizabeth Marinheiro. Publicado em 30 de junho de 2018 às 13:20

Após a exaustão do Existencialismo, da Fenomenologia e do Estruturalismo, Ezra Pound e T. S. Elliot acolhem o New Críticism, formando um corpus crítico semelhante.

Sem se submeter aos “estilos de época”, Elliot trouxe para a Crítica não só as mais diversas formas de expressão, incluindo reinterpretação de vários Autores. E o fez observando falhas do próprio New Criticism.

Afirmando-se “crítico de oficina”, sua poética mistura crítica e poesia, não se prendendo às teorias da Literatura, até porque soube trocar o individual pelo coletivo.

Atualmente, alguns Críticos subordinam obras aos seus enfoques pessoais, como se constata nas dissertações e teses da Pós-Graduação: o orientador dita e o orientando cumpre… Daí, as saladas epistemológicas e “as encomendas”, “Leia o que eu sei e não o que você prefere”: vozes da mediocridade ou do autoritarismo?…

Deixemos prá lá! Interessa-nos as ótimas Leituras Críticas publicadas na Paraíba, momento no qual Crítico e Criador superam “enganos”, parafernálias e até má vontade.

Louvemos, pois a Literatura feita em nosso Estado. Nosso objetivo, pois, é revisitar alguns autores e autoras que merecem ensaios de alto nível e não simples revisitas.

MARIA JOSÉ LIMEIRA jamais procurou ser “canonizada”; críticas “menores”a sua grande obra, incorporou-as a sua própria introspecção.

Em livros anteriores, sublinhei a estruturação limeiresca, fortalecida por colagens e montagens alimentadas por coerente fragmentação. Interessa-nos, mais de perto, a ficção introspectiva da autora, onde a sondagem interior é infensa às questões de real, mimese e causalidade, vez que estes ingredientes exigem reflexão, no dizer de Roberto Schvartz em “A sereia e o desconfiado”.

E será esta reflexão que a Critica Literária deve mergulhar para desvelar o nada, o escuro, as sombras que não semantizam encantamento mimético e sim uma indeterminada compreensão do Ser.

De “Aldeia Virgem”, passando por outros e aterrissando-se em “As portas da cidade ameaçada”, o absurdo é um tipo de niilismo que robustece valores desvalorizados e exige a Meditação, que põe a mulher na condição de sujeito transcendental.

Tendo sua temática ancorada na condição humana, a escritura limeiresca traz “o pensar poético que visa ao não representativo, ao não representar no dizer da linguagem”. Por esta via não há nenhum “crime” em comparar Maria José Limeira (guardando-se as devidas proporções) a Clarice Lispector.

Sempre que possível, traremos tessituras em torno de autores e autoras paraibanas.

APONTAMENTOS.

  1. A Rede Feminina de Combate ao Câncer – CG realizou com inquestionável êxito seu tradicional “Rosas de Maio”.

Com 50 anos de um trabalho doloroso, em favor dos portadores do INCURÁVEL, a Presidente Nilce França e equipe não desanimam frente às injustiças e dificuldades irracionais

Céus! Tanta verba gasta com eventologias e “obras de fachada”, mas a RFCC/CG contínua vitimada pela indiferença pública.

  1. Por feliz iniciativa do Vereador João Dantas, o respeitável Jornalista Hélder Moura (ex-FACMA) mereceu a Medalha de Honra ao Mérito Municipal, em Sessão Solene da Câmara Municipal de C. Grande.

Alegria para Hélder! Vitória para Campina Grande!

  1. Dois fidalgos que se destacam por seu méritos e suas ações: o Odontólogo Edimilson Queiroga (Recife-Pe) e o Presidente da Academia Brasileira de Filologia(Rio-Rj), Prof. Dr. Antônio Martins de Araújo.

Mestres em diferentes territórios. Parabéns!

PEN.

Pedimos aos amigos e amigas – campinenses ou não – que façam sua adesão ao PEN, a fim de que possamos editar a Revista I da I Seccional PEN da Paraíba, bem como assegurar outras despesas.

Os(as) companheiros (as) podem solicitar a Conta Corrente do Bradesco, a Profa. Marizelda Soares pelos fones: (83) 3335-1350 e 9-8619-7190.

Seremos definitivamente gratos.

AO MEU LEITOR.

Rezemos pela Paz dos Refugiados e pelos filhos separados dos pais. AMÉM.

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Elizabeth Marinheiro

falecom@fhc.com.br

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube