...

Campina Grande - PB

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

20/10/2017 às 12:20

Fonte: Da Redação

Por Alexandre J. Beltrão Moura (*)

A programação da SNCT 2017 (Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, edição 2017) em Campina Grande, já está definida.

As principais ações acontecerão nos dias 25 e 26 deste mês, principalmente, no Parque da Criança. A SECT – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do município organizou uma série de eventos, que integram esta XIV edição da SNCT e que contam também, com o apoio da FAPESQ – Fundação de Apoio a Pesquisa da Paraíba e do SEBRAE/PB.

Segundo os organizadores, “durante a montagem e execução das ações nestes dois dias, estarão envolvidos mais de 800 profissionais entre produtores, técnicos, pesquisadores, professores, estudantes, jornalistas, dirigentes, operadores de montagem, auxiliares de apoio e expositores das instituições parceiras”.

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (II)

Para que a SNCT 2017 aconteça em Campina Grande, estarão trabalhando em conjunto diversos centros de produção de conhecimento de nossa cidade, possibilitando assim, a interação entre universidades, institutos de pesquisa, fundações de fomento e empreendedorismo, e ainda as redes pública e particular de ensino.

A proposta da SECTI “visa proporcionar um espaço de integração entre diversos públicos, conhecendo e discutindo a aplicação científica e tecnológica em vários campos do conhecimento, constituindo uma iniciativa que busca inovar nos processos de divulgação e popularização da ciência”.

Dentre as instituições participantes temos a Universidade Estadual da Paraíba-UEPB; a Universidade Federal de Campina Grande-UFCG; o Instituto Nacional de Pesquisa do Algodão- CNPA/EMBRAPA; a UNESC, a FACISA; a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba e a Escola Técnica Redentorista. A programação é imperdível!

Black Friday

Segundo uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela CNDL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, sobre as expectativas do empresariado para a próxima “Black Friday” a ser realizada no dia 24 do mês que vem, apresentou números interessantes.

Para 28% dos empresários entrevistados, as vendas no Black Friday 2017 “serão iguais às do ano passado e 23% afirmaram que o evento contribui para aumentar as vendas de final de ano”.

Outras informações relevantes trazidas pelo levantamento: 35% das empresas devem aderir a “sexta-feira de descontos” e para 25% dos empresários “o Black Friday serve como um indicativo de como as vendas vão se comportar em dezembro”. E ainda, para 60% deles, “o evento não interfere nas vendas do período natalino”.

Foram ouvidos 1.168 empresários de serviços e comércio varejista, de todos os estados da federação. A conferir.

Amazon

Matéria divulgada pela Agência Internacional de Noticias Reuters, diz que a empresa americana de comércio eletrônico “Amazon”, foi a “culpada” pela recente queda do valor das ações do varejo brasileiro, na BOVESPA (Bolsa de Valores de São Paulo).

O motivo foi a expectativa e depois confirmação, da entrada da gigante americana na venda de eletroeletrônicos, pela Internet, no Brasil.

A previsão dos analistas do mercado varejista, é que a Amazon obtenha uma fatia de até 15% do mercado brasileiro destes produtos em pouco tempo, menos de um ano.

De qualquer forma, é um novo concorrente de peso para as empresas brasileiras tradicionais.

(*) Engenheiro Eletrônico

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons