Fechar

Fechar

“Segurança Cibernética”

Alexandre Moura. Publicado em 3 de março de 2017 às 11:11

Por Alexandre J. Beltrão Moura (*)

Foi publicado no DOU (Diário Oficial da União), a Portaria Nº 7 do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, criando “um grupo de trabalho (GT) para discutir aspectos de Segurança Cibernética e formulação de uma política nacional com diretrizes abrangentes sobre o tema”.

O objetivo é o “estabelecimento de mecanismos para proteção e sigilo das informações armazenadas, processadas e veiculadas, o interesse da privacidade e da segurança de pessoas físicas e jurídicas, proteção do capital intelectual, científico e tecnológico, aprimoramento jurídico para implementação da Segurança da Informação, investigação e prevenção da quebra dos mecanismos de proteção de dados, tanto do governo quanto das empresas brasileiras”.

O GT tem três meses para preparar uma minuta do projeto de lei para ser enviado ao Congresso.

KBNNO

 Este é o nome de um “novo minério (cristal) que converte simultaneamente luz solar, calor e movimento, em eletricidade”.

O KBNNO foi descoberto por cientistas da Universidade de Oulu, na Finlândia. Segundo o artigo cientifico publicado no jornal Applied Physics Letters, especializado em C&T (Ciência e Tecnologia) e publicado pelo Instituto Americano de Física (The American Institute of Physics), o novo minério “faz parte da família perovskita, relacionada a metais raros com potencial de produzir energia a partir de algumas fontes” e pode ser uma solução alternativa na geração de energia elétrica para carregar, por exemplo, smartphones, tablets e notebooks.

Maçã

Outra pesquisa interessante foi apresentada em matéria da BBC, rede inglesa de comunicação, sobre o uso de derivado da maçã na “reconstrução de partes do corpo humano”.

Segundo a reportagem da BBC, pesquisadores da Universidade de Ottawa, no Canadá, estão utilizando várias frutas, dentre elas a maçã, neste tipo de pesquisa.

No caso da maçã, os cientistas canadenses, “removeram as células e o DNA de uma maçã, até sobrar apenas a sua estrutura de celulose e depois esculpiram a maçã em formato de uma orelha e implantaram nela, células humanas e assim, conseguiram criar uma orelha artificial”.

Essa pesquisa, segundo os cientistas, é um avanço significativo para a medicina regenerativa.

As estruturas assim criadas podem ser utilizadas, por exemplo, “para fazer enxerto de pele e de osso, reparar joelhos danificados, ligamentos e gengivas”.

HUB 55

No próximo mês de abril será inaugurado o “HUB 55”, um “ponto de apoio” para as empresas brasileiras de TI (Tecnologia da Informação) que desejem fazer negócios nos Estados Unidos.

O HUB 55 é composto por escritórios mobiliados, apoio administrativo e outros serviços subsidiados pelo governo do estado americano de Connecticut.

Localizada, na cidade de New Haven, no Campus da Universidade de Yale, uma das principais e importantes, universidades americanas, a instalação fica perto da costa leste dos Estados Unidos e Canadá (onde estão instaladas cerca de 2 milhões de empresas de vários tamanhos, em um raio de 800 Km) propiciando amplo networking com associações, entidades governamentais e de desenvolvimento de negócios.

O HUB 55 é uma iniciativa da Softex – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro e conta com apoio do Governo de Connecticut e da SEPIN – Secretaria de Políticas de Informática do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do Brasil.

(*) Engenheiro Eletrônico

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

[email protected]

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube