Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Satélites

Alexandre Moura. Publicado em 29 de março de 2019 às 11:03

Um dos resultados do acordo assinado entre o Brasil e os Estados Unidos, referente à utilização da “Base Espacial de Alcântara” e de outros temas relacionados à ciência e tecnologia com aplicações em projetos espaciais, será o “desenvolvimento de satélites através da cooperação entre instituições dos dois países”.

O primeiro resultado do acordo acontecerá no ano que vem, com o lançamento (a partir da Estação Espacial internacional), já planejado, de um nano satélite (pequenos satélites com até 10 Kg de peso) modelo “cubesat” (satélite em forma de cubo, com 10 cm de aresta).

Neste primeiro projeto conjunto, o Brasil vai participar através do ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica e do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Já os americanos vão participar através da NASA (Agência Espacial Americana), da Universidade Estadual do Utah, Universidade do Alabama e da Universidade do Texas.

Segundo cientistas do ITA, os pesquisadores brasileiros vão ficar responsáveis pelo “desenvolvimento do hardware e do software do módulo de serviço, enquanto os americanos produzirão os equipamentos da carga útil do cubesat”.

AUTOCOM

No período de 2 a 4 de abril próximo, vai acontecer em São Paulo, capital, a edição 2019 da AUTOCOM – Feira Internacional de Automação para o Comércio.

Segundo os organizadores, “este é o principal evento de automação para o comércio da América Latina”, sendo o ponto de encontro entre o ecossistema de “Automação e o Comércio”, reunindo durante os três dias da feira, os maiores fornecedores de tecnologia, canais de vendas e varejistas de vários países.

Esta é a 21ª Edição da AUTOCOM e contará com a presença de fabricantes de Hardware, empresas de Software, Meios de Pagamento, Startups, empresas de e-commerce (comércio eletrônico) e representantes de “Canais de Distribuição” de produtos.

Este ano haverá um espaço dentro da feira, denominado de “Inova AUTOCOM”, voltado para Startups com o objetivo de motivar uma “maratona de negócios e oportunidades, compartilhamento de ideias e construção de novos mercados”.

Mais informações no site: www.feiraautocom.com.br

“Consumidor.gov.br”

Este é o endereço de um portal na Internet, voltado para os consumidores, “onde se pode exercer o direito de reclamar com transparência e regulamentação”.

O portal é monitorado pelo governo e pela sociedade para “resolver conflitos entre empresas e clientes”. Através do site, os consumidores “registram seus problemas com as empresas e elas têm a oportunidade de responder e estabelecer um diálogo com seus clientes”.

A adesão ao sistema, por parte das empresas, é voluntaria e não substitui o tradicional  SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor, mas é um instrumento adicional para a resolução de conflitos de consumo, utilizando a Internet.

O serviço é acompanhado pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, PROCONs, Defensorias e Ministérios Públicos Estaduais. Pelo ultimo levantamento disponível, 80% das reclamações registradas no “consumidor.gov.br” foram solucionadas pelas empresas. Vale a pena experimentar.

Facebook

Matéria publicada, recentemente, pelo jornal inglês “The Guardian”, afirma que o Facebook sabia do uso indevido por terceiros, de dados pessoais dos usuários da rede social, antes do escândalo vir a público no ano passado.

A direção do Facebook sempre sustentou a versão que só ficou sabendo do “vazamento” dos dados dos clientes no final do ano passado, através da imprensa.

Segundo as informações obtidas pelo jornal, “e-mails de executivos do Facebook mostram claramente, que desde setembro de 2015 eles já sabiam do problema”. Ou seja, a credibilidade na proteção de dados pessoais pela plataforma tecnológica utilizada pelo Facebook que já estava baixa, agora piorou muito.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP - Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube