Fechar

logo

Fechar

Roberto Cavalcanti: Minhas referências

Roberto Cavalcanti. Publicado em 28 de novembro de 2019 às 22:00

Aprendi desde cedo que, para se ter um rumo, se faz necessário ter referências. Dizem que no poema de Fernando Pessoa, transformado em fado, “Navegar é preciso, viver não é preciso”, o preciso em questão não é aquele adjetivo, aquilo que não se pode dispensar, indispensável, necessário. O autor se referia que, nas navegações, se faz necessário ter precisão aos pontos de referência.

Rumo certo é preciso na navegação, mesmo que, à época, poderíamos estar navegando baseados apenas na bússola e no astrolábio.

No poema, seria a precisão da navegação, diferente de necessidade, tão bem pontuada por Cazuza em “Eu preciso dizer que te amo” ou por Chico Buarque, em Os Argonautas, “Navegar é preciso, viver não é preciso. O barco!…”. Sempre a sua presença, o rumo, ao lado do sentido da necessidade. Não posso me alongar sobre o tema, faria um tratado, não o faço por falta de espaço.

Não é à toa que cultivo várias amizades com longevos, busco aprender sempre.

Foi com muito pesar que perdi no último dia 7 de novembro a minha líder no ranking da vida. Dona Hermosa Pereira Góes Sitônio nos deixava conversando com a filha Marta Coutinho em plena lucidez. Achou que tinha cumprido sua missão na Terra com louvor, ao longo dos seus 106 anos e nove meses, e apagou sua chama da vida como um passarinho. Seu segredo, a resistência.

Em um domingo, 15 de novembro, participei do aniversário do meu companheiro de caminhadas em Intermares, Cabedelo, o empresário português Antônio Figueiredo dos Santos, que, aos 97 anos, exala saúde, bom humor e vitalidade. Seu segredo, o trabalho.

Busco para ajustar meu rumo sempre às referências das boas experiências. Cultuo há muitos anos uma linda amizade com uma das mais preciosas referências que sigo em minha trajetória de vida.

Hoje, 28 de novembro, é dia de comemorarmos com outro líder nessa corrida. Meu guru Teotônio Neto, fundador do Correio da Paraíba, está fazendo 101 anos. Estará em seu recanto, no Rio de Janeiro, lendo sua biografia em livro que será lançado por ocasião do seu aniversário, de autoria do acadêmico José Octávio de Arruda Mello, no qual participo com os capítulos “Cidadão como símbolo vivo” e “A joia da coroa provém de Teotônio”, além do posfácio “História de um visionário”.
Repasso trechos desse posfácio:

“Temos incríveis histórias de superação graças à visão de empreendedores natos, que aceitam correr riscos e não foram desestimulados pelos obstáculos nos caminhos dos seus sonhos.”

“Teotônio é prova de que tudo é possível quando nos determinamos a realizar.”

“Ele abriu a sua primeira empresa, a Teotônio Neto Representações. Detalhe: estávamos em plena II Guerra Mundial. Na sequência, criou as Organizações Teoni (1950). Um dos seus sonhos era justamente deixar sua marca nesse mundo (Teoni é a abreviatura do nome Teotônio Neto).”

“Agora, dou meu testemunho sobre um cidadão, empresário e amigo que considero uma alma perfeita. Por quê? Jamais ouvi Teotônio falar mal de alguém. Mesmo sabendo que foi roubado, jamais condenava o culpado. Justificava dizendo que o gestor não estava preparado para a função. São poucas as pessoas no mundo que após 101 anos de vida continuam contribuindo com sua inteligência e sabedoria (que é o conhecimento testado e aprovado). Como tem memória positiva, sempre somos presenteados com seus ensinamentos.”

“Vou cometer uma indiscrição com meu amigo: com exatos 101 anos, continua um conquistador, um verdadeiro Don Juan.”

Teotônio, que hoje aniversaria, é fonte de inspiração para mim há mais de 40 anos. O tempo passa e o que vejo é consolidar-se uma amizade real. Ele é minha verdadeira referência.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Roberto Cavalcanti
Roberto Cavalcanti

Empresário e diretor da CNI.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube