Fechar

Fechar

Releituras

Ribamildo Bezerra. Publicado em 5 de novembro de 2016 às 7:40

ribamildo-556x417-556x417

* Por Ribamildo Bezerra

Diante da página aberta de forma aleatória, buscava entender o que dizia aquilo que não estava escrito. As entrelinhas, o raio ‘x’ diluído entre vogais e consoantes.

Ler sempre era um ato de nova descoberta, um renascimento, um batismo, ainda que sobre o mesmo mar de ideias revoltas, anárquicas, cruéis para pensamentos fáceis.

Decifrar de forma binária sílabas, que na verdade pedem para serem enxergadas pelos sons, pelos ritmos, por tudo que pulsa pela pausa que fala.
Farejava até onde o olfato não podia alcançar. Buscava sentir a tridimensionalidade das ideias, a textura dos sentimentos, enxergar além da cegueira que proporciona o óbvio. Era assim que o ávido leitor iniciava uma nova jornada.

Aprendeu que a contemplação era a visão do silêncio sobre as coisas, e mesmo em um livro que tanto tem a nos dizer nos seus escritos mudos de  caminhos obscuros até a virada da página. Sabia de forma consciente que uma vez preso pelas vísceras do encantamento textual, a viagem só teria fim no ponto final.

Ler era ir além do livro. Era ver o mundo que pouco ousava conhecer, talvez por medo da forma arcaica de se iniciar uma jornada, talvez por medo de enxergar que o grande lado mau da ignorância está no direito em não se dar o direito da descoberta.

Ler é entender que também estamos refletidos no mundo, na luz que incide no rosto da menina sem protetor solar. Nas mãos que transmitem elegância, na forma como acariciam o ar, no sorriso dirigido ao belo, no olhar de soslaio.

As sensações o embriagavam, diante de um bom texto, a razão era o contrapeso, mas era o seu cérebro que se curvava aos poros, abertos sempre para um novo caminho que o levava ao sensorial. Pois se transcendia a sua sensibilidade pela leitura, era ela que em outro plano o faria sentir-se imortal  sem a necessidade do paraquedas das metáforas.

Ler, era reler a si mesmo.

 

* Jornalista

 

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Ribamildo Bezerra

[email protected]

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube