Rafael Holanda: Relações com a vida

Rafael Holanda. Publicado em 14 de junho de 2021 às 9:32

Guarde o teu amigo, e em determinados atritos, enrole as mágoas em qualquer papel, jogando ao tempo, para que o próprio tempo saiba como proceder.

Se por acaso surgir um inimigo, aconchega-te, para que nada de mal possa ocorrer, selando assim com um aperto de mão o simbolismo maior de conciliação.

Se alguém bater à tua porta em busca de alimentos, farte-o com o que existe de bom em casa, pois cada gesto como este representa empréstimo para com Deus.

Ao pedir algo como empréstimo, cumpra com suas dívidas, para que não venham de encontro a tua honra e ferir aos olhos da família a tua dignidade.

Se a soberba te fizer companheira, enterra-a, para que no juízo final possas caminhar entre os bons e ter a certeza do cumprimento dos teus atos.

Se por acaso a tristeza vier de encontro aos teus dias, acorda a alegria e transmite a todos a capacidade de seguir a caminhar por estradas do amor e felicidade.

Se o amanhecer te fizer trevas, acende a lanterna de tua intimidade e procurando identificar a causa básica fará com que a luz da grandeza te recubra de luminosidade.

Se a descrença se tornar os teus pés, curva-te diante da beleza do universo, e verás que as perguntas são menores do que as respostas, pois Deus supera em muito o grau das dúvidas.

Se desejares a paz, recolhe-te ao interior e procure conciliar com o que existe de perfeito no coração, para que a mão que te proteja seja a mesma que te entrega a paz.

Lembre-se sempre que a verdadeira tristeza não necessita de berrar para acordar a dor, e a raiva que te fez raiz não necessita ser mostrada para causar medo.

Quando o homem carrega dentro de si todo compromisso com a verdade, o seu espírito pode vagar pelas regiões externas durante o sono em decorrência da pureza e virtuosidade.

Exerça com fidelidade todo compromisso para com Deus, não procure ser prepotente ou egoísta, pois a agulha do céu permite a passagem de um camelo, mas se engasga com aquele que em vida viveu para si e esqueceu o próximo.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube