Fechar

logo

Fechar

Rafael Holanda: Manual de orações

Rafael Holanda. Publicado em 8 de março de 2021 às 8:38

Sou caminhante pela estrada da vida entre as linhas da alegria e solidão, fazendo versos que acalmam o meu espírito, e levando adiante a força que me fez permanecer de pé.

Sou a noite de extrema luminosidade porque as minhas ações só fizeram com que a vida fosse sem dificuldades para enxergar, e sem vontade de fazer armadilhas para prejudicar alguém.

Vivo a beleza de um dia, onde o amanhecer permite que os meus passos não errem o prumo da verdade e se perca no silêncio de uma eterna mentira, que se propaga neste mundo de Deus.

Acredito nas forças que são emanadas do infinito, do passar adiante a crença de que os nossos sonhos podem ser divididos, e que a mão que balança o berço da solidão, em momento algum pode servir para atirar a primeira pedra.

Certamente o pão alimenta quem sofre, a água é capaz de matar a sede de alguém, porém muitos pensam em seguir nas desilusões de uma vida em que a arte do ajudar se faz necessário colocar sob um tapete.

Quando tudo for capaz de ser mal interpretado, se faz necessário que haja um pouco de dignidade suficiente para reconhecer onde está o erro, pois o infame vinga, o bom perdoa, e o sábio esquece.

Quando o homem se compromete com a bondade, a alegria brilha nos olhos, a confiança abre todas as portas, a sorte resplandece como um sol, e tudo que se acha na dúvida se curva a verdade.

As vaidades humanas são vestimentas que cegam os olhos, as ambições são capazes de inquietar e roubar uma paz, o destempero da língua é capaz de provocar ações maiores que muitos abalos sísmicos.

No barco da vida, muitas vezes se faz necessário que o homem ande a deriva para sentir que sem ajuda divina, todo rio lento tem sem dia de intensa cheia e enormes cachoeiras.

Não se condicione a ser a o único e sem ninguém, pois o Senhor dos céus não participa desta forma de egoísmo, nas tuas tormentas reconheça a insignificância e se curve a humildade.

Após uma longa jornada; saiba dizer de forma verdadeira: Senhor, ao redor de mim tudo é canto de paz e calma. Envia o anjo da bondade em minha casa.
Relaxa os meus nervos sossega o meu espírito. Solta as minhas tensões, inunda meu ser de silêncio e de serenidade.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube