Rafael Holanda: Cegueira

Rafael Holanda. Publicado em 17 de maio de 2021 às 10:03

Há muitos que se acham cegos ao ponto de não enxergarem as disparidades do mundo; porém em determinados momentos, a luz que vem de cima, ilumina o coração e permite com que todos possam enxergar.

Porém há os filhos do Senhor, que enxergam pelo coração, e por meio desta visão são capazes de ajudar os que choram sem lágrimas porque perderam a capacidade de produzi-las.

O coração é um santuário, espelho de virtude no centro do qual estão guardados todos os sentimentos que são capazes de sossegar trovoadas e acalmar ventos.

Todo mundo tem a capacidade de observar as coisas que se produzem na sua intimidade, dependendo de sua iluminação espiritual proporcionada pela pureza do coração.

Quando você consegue polir o espelho do coração, mais se pode ser visto e mais mistérios são revelados, simplesmente porque o desejo de servir é dogma divino.

Quando você não serve às agonias da vida a inteligência que Deus lhe deu não consegue alcançar os seus objetivos. Lembre-se que quando você for embora, as riquezas materiais são deixadas para trás, mas todo bem que tiver feito irá com você.

Confúcio disse: ”Um homem de humanidade é aquele que, buscando estabelecer-se, encontra um lugar seguro para os outros e,querendo realizar-se, ajuda os outros a fazê-los”.

Não seja cego sem lesões em seu nervo óptico, não desvie os olhos nas grandes catástrofes da vida, pois a bela irmã da bondade chamada lei do retorno é capaz de com sua potencialidade se transformar em laser e cegar os seus olhos.

A vida é uma grande surpresa onde melhores momentos estão nos pequenos gestos de amor que se transformam em bênçãos e são capazes de levantar os postados e abandonados da vida.

Não desfaça conceitos, pois aqui na terra estamos em julgamento, cada uma das palavras e ações formam testemunhos e provas.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube