Rafael Holanda: Caminhante

Rafael Holanda. Publicado em 3 de fevereiro de 2020 às 10:25

Caminhante, siga pela estrada adiante em busca da paz, e se possível passe por onde estou com a finalidade de dividir um pouco, para que minha guerra íntima seja amenizada.

Pelos caminhos desencontrados haverás de visualizar campos que antes eram férteis se tornarem causticantes, e sem a possibilidade de florescer esperanças.

Em cada ponto do destino muitos estarão em sofrimento, à espera de um momento para que possam buscar compreender o dilema do abandono.

Encontrarás jardins desprezados, como que o calor tenha buscado destruir as belezas das flores, ou o gelo da indiferença que busca congelar a última rosa.

O sonho e castelo programado sofreram ações do tempo, e o pequeno terreno da minha paz se desfez, a pequena luz que me trazia conforto se fez silêncio apenas por um sopro do vento.

O tédio e agonia se uniram até que meus olhos marejassem as lágrimas sentidas como que fizessem parte de um mar amargo da solidão.

E o sentimento de abandono me fez morada, sem que pudesse buscar a minha paz que perdi, por entender que o mundo das malícias e inverdades pesassem mais que o caminho da verdade.

Tentei com um pouco de minhas forças rasgarem o forte painel das trevas que faziam dos meus olhos um mundo de tristeza sem começo e fim.

Não demore caminhante, pois o pouco dos meus dias se tornaram anos das minhas esperas, fazendo com que o vazio e o nada fossem componentes das minhas eternas vigilâncias.

Mesmo diante dos meus fracassos, mesmo diante da escuridão que circula as minhas passadas, procurei entender que nesta vida há muitos que desejavam ter um pouco de minha vida.

Não busque se tornar um desvalido a se arrastar, para deitar em lugar a esmo, procure a luz que te cerca com a finalidade de entrar na porta da consolação.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube