Fechar

Fechar

Premiada

Alexandre Moura. Publicado em 20 de janeiro de 2017 às 11:36

Por Alexandre J. Beltrão Moura

Uma estudante de Engenharia de Materiais no IME – Instituto Militar de Engenharia venceu recentemente, o desafio global da “Sandvik Comorant” (uma divisão da empresa sueca de tecnologia Sandvik) sobre pesquisas envolvendo “grafeno” (uma das formas cristalinas do carbono, assim como o diamante e o grafite).

A brasileira Nadia Ayad foi escolhida, entre dez finalistas com base nos critérios de inovação, viabilidade e design do seu projeto. O projeto de pesquisa de Nadia utiliza o grafeno “em dispositivos de filtragem e sistemas de dessalinização de água, para ajudar a garantir o acesso à água potável no futuro, diminuindo, significativamente, os custos de energia no processo de dessalinização”.

Mesmo com todos os problemas de qualidade em nosso ensino básico e médio, ainda conseguimos ter excelentes alunos e instituições no ensino superior.

“Super Bateria”

Depois do fiasco com as baterias do “smartphone”, modelo “Galaxy Note 7”, a empresa sul coreana Samsung, através de sua divisão “SDI” de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) quer “dar a volta por cima” com relação ao “tema baterias”. Durante o último “Salão do Automóvel de Detroit”, nos Estados Unidos, os sul-coreanos mostraram sua “nova geração de baterias de alta densidade que promete revolucionar o segmento de carros elétricos”.

Segundo os pesquisadores da Samsung, a nova bateria promete “ser carregada em apenas 20 minutos e propiciar uma autonomia de 500 a 600 quilómetros nos carros elétricos atuais”. O novo produto continua em testes e deve estar no mercado a partir de 2021.

Edital para Projetos de Agroecologia e Produção de Alimentos

O MCTIC-Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, através do CNPq- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico lançou um edital, no valor de R$ 10,7 milhões, para apoiar projetos de ensino, pesquisa e extensão voltados à agroecologia e à produção orgânica de alimentos.

O objetivo é “viabilizar projetos de criação e manutenção de núcleos de estudo em agroecologia e produção orgânica de alimentos, além de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) de agroecologia”. As propostas podem ser apresentadas até o próximo dia10 de março. Mais informações no site www.cnpq.br.

Europa

Como os Estados Unidos e o Brasil (em menor grau e mais em relação à qualificação adequada), a Europa também tem um déficit de profissionais na área de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação).

Segundo dados da União Europeia (UE), em 2020, haverá cerca de 900 mil vagas de emprego no setor que não serão preenchidas, caso nada seja feito ao longo de 2017, para minorar o problema.

Uma das soluções sendo propostas por Portugal, um dos países membros da EU, é aumentar o programa “Startup Visa”, voltado para incentivar universitários e empreendedores em startups (empresas em início de atividade) em setores ligados a TIC, oriundos de países como a Índia, Angola e Brasil, a irem trabalhar na Europa.

Portugal já iniciou este processo, através do projeto “Startup Portugal” com a Índia, para promover um ambiente de negócios mais favorável entre os dois países e facilitar a vinda de profissionais indianos que queiram trabalhar em Portugal.

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

falecom@fhc.com.br

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube