Fechar

logo

Fechar

Pr. Estevam Fernandes: Alma de vencedor

Estevam Fernandes. Publicado em 27 de outubro de 2019 às 10:07

O que faz de alguém um vencedor?

Infelizmente, nossa existência foi transformada numa grande competição. Numa maratona cruel. Vivemos ilhados, rodeados por desafios de todos os lados. Daí, internalizamos uma lógica de sobrevivência: é preciso vencer, não importa como!

– Mas, vencer a quem? Quem é nosso maior rival?

Na trajetória rumo à vitória, concorrentes é que não faltam. Lutamos contra tudo e contra todos. Há sempre alguém que precisamos vencer. Muitas vezes, não somente vencer, mas derrubar também, e deixar para trás. Nesta lógica desumana, nossa auto-afirmação vai sendo construída na medida em que outros vão caindo ao nosso redor. Nosso podium tem que ser erguido sobre escombros alheios. O outro passa a ser, necessariamente, uma ameaça perigosa que precisa ser eliminada. Inimigos têm que ser destruídos. Como diria o filósofo Nitzche: “o inferno é o outro”.

Pensando bem, quem é o nosso maior adversário? Com quem estamos concorrendo?

Concorremos conosco mesmos, não com outras pessoas!

Na verdade, nossa grande batalha dar-se dentro de nós mesmos. É conosco que temos que lutar. Constantemente. Vencer, a si mesmo é tornar-se verdadeiramente vitorioso. É sagrar-se campeão.

Não importa, exatamente, quantas vitórias uma pessoa conquistou ao longo da sua vida; ela estará na condição de derrotada se perder a batalha travada consigo mesma, na sua interioridade. Se a sua alma não for liberta das algemas colocadas por sentimentos mesquinhos, se não libertar-se das motivações egoístas, e das atitudes hostis à vida, ela será uma perdedora, ainda que imagine-se a si mesma digna de medalhas e troféus.

Viver alimentado pela compulsão obsessiva de ultrapassar os outros, não significa que sejamos atletas saudáveis na maratona da vida. Afinal de contas, passar na frente de alguém, não quer dizer que conquistamos nossa melhor corrida. Nossa maior vitória não consiste no fato de que derrotamos nossos “rivais” humanos.

Ironicamente, a nossa vitória sobre os outros é que se constitui como fator decisivo para que percamos a luta contra nós mesmos. Isso ocorre quando, ao vencermos alguém, nos deixamos aprisionar pelo orgulho, pela arrogância, pela soberba e a auto-suficiência. Ao se apropriarem da nossa alma, tais sentimentos nos tornam frágeis e, portanto, perdedores. A grande vitória é vencer os gigantes que nós criamos dentro de nós mesmos. Eles são perigosamente invisíveis. Não se expõem por si mesmos. Contudo, como um câncer terminal, nos consomem aos poucos, e nos derrotam, por fim.

Portanto, na maratona da vida, nossa maior ameaça não são os outros; somos nós mesmos. Precisamos, pois, aprender a lutar contra esses inimigos que habitam em nós: nosso egoísmo, nossa falta de humildade, nosso complexo de superioridade, e tantas outras forças negativas, tais como o medo, a insegurança e a inveja, dentre outras.

Vencedor, então, é todo aquele que não se descuida de si próprio. Com humildade deseja superar-se nas suas imperfeições. É aquele que não sobe na vida derrubando outros, e não faz da sua verdade particular uma cortina para não reconhecer outras verdades. É, também, ainda aquele que olhando para a grandeza e os mistérios da vida percebe-se um eterno aprendiz. É toda pessoa que admite que não basta-se a si mesma, e por isso mesmo reconhece que grande só há um, que é Deus, o Senhor da vida. Quanto mais perto dEle estivermos, nos sentiremos exatamente como somos: simplesmente criaturas. Reconhecer isso, é que nos faz depender de Deus, dos outros e do conjunto da vida que nos cerca.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Estevam Fernandes
Estevam Fernandes

Sociólogo, filósofo e pastor da 1ª Igreja Batista de João Pessoa.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube