Fechar

logo

Fechar

Patrícia Alves: Persigo uma florzinha no alto de uma montanha

Patrícia Alves. Publicado em 22 de abril de 2020 às 19:57

Especialmente nestes dias de sentimentos atordoados, ou mais atordoados que o normal, acordo querendo ficar mais na cama!

Todo dia de manhã vem aquela sensação: já? Ai meu Deus!

Começo logo com minhas orações e agradecimentos e agora, minha mente inventou a imagem nítida de uma montanha íngreme, mas que no alto tem uma flor.

Queria ser bem clichê e dizer que quando eu subo, do alto eu aprecio uma linda paisagem. Só que para ser sincera, não visualizo essa paisagem, enxergo só a flor – e de longe – que nem é das mais bonitas ou raras. É só uma florzinha, parecida com uma margarida!

Pronto, quando consigo fitar os olhos na flor, consigo levantar da cama, para mais um dia de trabalho, de cuidados com a casa, de amor a Pedro.

O mais esquisito é que no fim do dia, na hora de deitar-me, nem lembro mais da flor, apenas durmo embalada pelo cansaço da subida da montanha.

Mas, quando acordo, a flor está lá, novamente, mais uma vez convidando-me a subir aquela íngreme ladeira pedregosa! E lá vou eu, cumprindo o mesmo ritual, perseguindo a flor!

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Patrícia Alves
Patrícia Alves

* Jornalista e analista de projetos para captação de recursos públicos.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube