...

Campina Grande - PB

O Turismo e o desenvolvimento social

13/03/2018 às 10:27

Fonte: Da Redação

Foto: Leonardo Silva/ Paraibaonline

Por Romero Rodrigues (*)

O Turismo cada vez mais se destaca no economia com um dos maiores segmentos da sociedade para o desenvolvimento mundial. O Brasil este setor está sendo responsáveis pela geração de novos empregos em especial na hotelaria. Segundo dados do Ministério do Turismo o país está pronto para acomodar 2,4 milhões de pessoas simultaneamente nos quartos disponíveis. O levantamento revela que houve um crescimento de 15% na oferta desse tipo de estabelecimento turístico nas capitais do Brasil de 2011 a 2016. De acordo com especialistas, o salto foi impulsionado pelo ciclo de megaeventos, com a Copa do Mundo e Olimpíada.

São Paulo é o estado que concentra o maior número de meios de hospedagem. Com 507.412 leitos nos vários municípios, é responsável por 21% de toda a oferta nacional. Mesmo com a crise econômica que passa o Brasil o setor do turismo ainda é crescente. Os estudos recentes do Ministério do Turismo de sondagem do consumidor revelam que intenção de viagem, representa um crescimento de 8% em relação ao mês de setembro do ano anterior. Para 80,3% dos futuros viajantes, a ideia é desbravar os destinos nacionais e desfrutar de belos cenários naturais, rica gastronomia e manifestações culturais.

Foto: acervo pessoal/ colunista

O Nordeste e o Turismo – O estudo também revela que a Região Nordeste segue como a mais desejada por estes turistas, com 48% das preferências. Este índice representa um crescimento de 23% no desejo de visitar os destinos do Nordeste. A Região Sul ficou em segundo lugar com 25,3% das intenções de visita, seguida pelo Sudeste (19,2%), Centro-Oeste (4%) e Norte (3,5%).

Campina Grande – O Destino Campina Grande é destacado pelo tradicional evento do calendário turístico que é O Maior São João do Mundo. Mas o grande filão de oportunidades a ser trabalhado o ano inteiro está mesmo nos eventos itinerantes, congressos, seminários e convenções devido ao grande celeiro das Universidades com destaque para a UFCG, UEPb e a Unifacisa. A captação destes eventos norte-nordeste, nacionais e internacionais movimentam o setor turístico de eventos e aquece a economia da cidade.

(*) Jornalista, professor  Unifacisa e vicepresidente da Abrajet/Pb –  Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons