Fechar

Fechar

O que Encanta

Tibério César Pessoa. Publicado em 16 de fevereiro de 2018 às 16:33

Foto: Ascom

Por Tibério Cesar Pessoa

Pode-se até pensar que seja banal negar os afetos, os sentimentos, os medos, as raivas, o amor e o emaranhado de cenas abstratas que regem nossos sentidos, mas acredito que não seja bem assim.
Estes tais aspectos existenciais e filosóficos desta nossa imanência dão um bom “Rastro” de quem somos.
O que te encanta:
O que nos perturba:
Aproxima-te mais de você mesmo!
Digamos que seja um certo caminho e caminhar que te leva a você mesmo.
O que nos encanta passa muito perto daquilo que nos apaixona e o que nos apaixona segue uma rota muito parecida com os desejos, com os “pecados” e com a “vontade de viver”.
Pecado de que e por quê?
Pecado de quem para quem?
Encantamento do que e ou de que?
Dizia certo autor que “não é santo quem se faz de bobo”.
O que te encanta te aproxima mais de você mesmo!
Para se dizer a verdade ou quase ela:
É cada um por si numa batalha de prazeres, de buscas, de intrigas, de procuras, de enfrentamentos, de convicções, de vontades, de lógicas, de incertezas.
Imagine podermos alcançar um amor a tal ponto que se pudesse partilhar tudo isto num instituto de equilíbrio da pessoalidade.
De certa forma falta-se coragem de se expor sem preconceitos e cores.
Pois vive-se muito mais no outro que em si mesmo!
Qual ritual mais nos encanta?
E o que assedia o nosso coração, nossas pretensões, nossas expectativas e nossos pensamentos mais profundos?
O que te encanta te aproxima mais de você mesmo!
Respirar o suspiro daquilo que mais se adora embriaga nos termos pertinentes ao encantamento, sim diria muitos, como transpirar os “venenos” das coisas que assediam a humanidade.
Há um pálido clarão de entendimentos em tudo aquilo que nos envolve!
E é justamente ai que imagino transpor um pouco daquilo que o seu cognitivo, seu comportamental, tua espiritualidade, tua forma de ser e agir, teu vício, tuas paixões, teus deveres e tudo aquilo que aparenta pode aparentar:
Nossos símbolos “encantadores e repulsores”.
O que te encanta te aproxima mais de você mesmo!
O que te repulsa te aproxima mais de você mesmo!
Os dias são árduos em compreender!
Seja seu alvo!
Seja seu guia para ser o guia do outro.
Cada um fazendo de si o melhor projeto melhorado da humanidade.
Consolando-se, amando-se, seguindo a luz e aprofundando a felicidade na esperança.

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Tibério César Pessoa

* PhD em Psicanálise.

falecom@fhc.com.br

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube