...

Campina Grande - PB

Movimento “Quartas da Indignação” será intensificado

03/06/2017 às 10:38

Fonte: Da Redação

Por Sindifisco-PB

Em assembleia geral extraordinária, a categoria fiscal decidiu intensificar os protestos no “Quartas da Indignação”, movimento que aglutina ainda mais a categoria fiscal na luta contra a intransigência do Governo Estadual. A assembleia aconteceu em 31/05, na sede do Sindifisco-PB.

Diante do clima de indignação da classe fiscal, o tema suscitou um grande debate entre os participantes da assembleia, que reiteraram o nível de adesão e o poder dos protestos.

A palavra de ordem é intensificar a mobilização e novas ações deverão ser incorporadas ao movimento reivindicatório, que vem acontecendo em todos os setores de trabalho do Fisco, do Litoral ao Sertão do Estado da Paraíba.

Termo de Acordo

No tocante ao ponto de pauta Termo de Acordo (Tare), discutido em assembleia geral do Sindifisco-PB (31/05), ficou decidido que será convocada uma nova assembleia geral, tendo em vista a complexidade do assunto, que requer uma discussão mais ampla e que será fomentada entre os filiados, antes de uma tomada de decisão definitiva por parte da categoria fiscal.

Codificados na ALPB

As assembleias legislativas cumprem três funções fundamentais: representar o povo, criar leis e fiscalizar o Poder Executivo no que se refere aos gastos dos recursos públicos.

Com base nesses relevantes fundamentos, o Sindifisco-PB, segmentos organizados e a sociedade paraibana esperam que a mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba acolha o pedido de instalação da CPI dos CODIFICADOS, uma vez que deputados da situação e oposição se mobilizam na Casa no intuito de investigar essa forma precária de contratação de servidores.

Ofício ao TCE sobreos servidores não efetivos

O Sindifisco-PB aguarda resposta do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, TCE-PB, ao ofício enviado em 26/05, no qual são solicitadas daquele órgão fiscalizador informações auditadas da folha de pagamento de janeiro de 2013 a dezembro de 2016.

A diretoria do Sindifisco-PB pediu que nas planilhas repassadas constassem detalhadamente local de trabalho, CPF, nome, cargo, valor bruto, descontos e valor líquido dos servidores codi-ficados, prestadores de serviço e comissionados não efetivos lotados na Secretaria de Saúde e demais órgãos estaduais.

Chega de trabalho infantil

O Sindifisco-PB parabeniza a iniciativa do Ministério Público do Trabalho, MPT, demais organizações e pessoas envolvidas na campanha contra a exploração do trabalho infantil, lançada terça-feira última (30), em Campina Grande.

Denominada Chega de Trabalho Infantil, a campanha consiste em ações de fiscalização durante a realização do Maior São João do Mundo, onde no ano passado foram registrados 242 atendimentos a crianças e adolescentes vítimas de trabalho infantil.

Segundo o MPT, estima-se que somente na Paraíba existem 89 mil meninas e meninas trabalhando precocemente, na faixa etária de 5 a 17 anos de idade.

Arraiá do Sindifisco-PB

No próximo sábado (10), às 20h, acontece o arraiá junino da categoria fiscal, com os filiados ao Sindifisco-PB se reunindo para o 14º Forró Fiscando, no Clube Cabo Branco, em João Pessoa.

A aquisição das mesas será feita até a próxima sexta-feira, véspera da festa, devendo o filiado doar 8 Kg de alimentos não perecíveis, os quais dão direito a concorrer ao sorteio do balaio junino. O arrasta-pé da festança vai ficar por conta do som da sanfona dos grupos Gente Boa (Monteiro) e Os 3 do Xamego (João Pessoa).

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons