Fechar

logo

Fechar

Médico Rafael Holanda: Confissão

Rafael Holanda. Publicado em 16 de setembro de 2020 às 13:00

Foto: Paraibaonline

Não permitas que eu te deixe, nem que pare de seguir teu caminho, pois o mundo se tornará estranho e solitário quando a solidão escrever com suas tintas as marcas dos meus passos.

Não impeças que meus olhos se transformem nos teus, em meus momentos de cegueira, para continuar a visualizar as coisas belas que nos circundam e nos encantam.

Tuas palavras serão minhas, para que num grito sem destino possa chegar aos ouvidos desta imensidão de universo e como conforto possa acalmar as eventuais tempestades.

Não sentirei frio, se teu abraço se juntar ao meu, sem medir por quanto tempo, contanto que peito contra peito faça com que seja eu o teu próprio peito.

Que os quatro ventos do céu soprem delicadamente em você na esperança que minha voz de forma sussurrante expresse exprima o perfeito amor.

Que unidos pelo propósito, unidos pelo coração, para que cada pedra da construção deste templo de virtude seja sempre aberta as nossas confissões.

Que o pai sol com sua magistral luz possa derramar seus raios de forma suave em tua face, mostrando aos meus olhos que os sonhos de outrora não modificaram com o passar do tempo.

Que os espíritos gêmeos sejam um só na alegria e na tristeza, no sucesso e fracasso, na prosperidade e adversidade, nos unindo em bons propósitos , palavras e ações de cada dia.

Que possamos incrementar e embelezar os dons sagrados que a natureza ao outro deu, sem buscar pequenos erros de moldagens e seguir adiante.

Que sejamos o mesmo em corpo e espírito como a vinha que enlaça os ramos no alto de uma arvore, produzindo assim mais do que o melhor.

E, entre confissões da cada dia possamos suprir com bondades as falhas do outro, até que a doce historia abra uma nova pagina, com novo conto de amor.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube