Fechar

logo

Fechar

Médico Rafael Holanda: As minhas mãos

Rafael Holanda. Publicado em 5 de abril de 2020 às 22:21

As minhas mãos estão ávidas para enfrentar esta tempestade que assola a terra, mas o peso da idade proíbe, que a força que me resta possa se perder na estrada da patologia, por isso, mesmo a distância em rezo.

A vida é aquilo que desejamos diariamente, então nas dificuldades que nas machucam devemos esquecer os contratempos, e seguir adiante, recordando que Deus esculpiu em cada um de nós a capacidade de resolver problemas.

Os problemas existirão sempre ao redor de nós e apesar de nós, pois procuramos nos tornar supremo, quando na realidade somos simples hospedeiros de passagem.

Toda vez que realizamos melhoria em nós, se torna na realidade plumagem da estrada que devemos seguir adiante, ofertando um pouco do que temos aos que padecem sem caminhos e se perdem sozinhos.

Vamos confiar em Deus exercitando a mais bela arte de se tornar lenço nas lágrimas perdidas, de trazer para vida quem em vida não encontra a porta da saída.

Vamos realizar o sonho da vida guardando as lições do passado sem transportar conosco a embalagem dos problemas do que pudemos extrair, e seguir produzindo milagres onde a fé se tornou oração e a beleza da vida a coberta Divina. 

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube