Fechar

logo

Fechar

José Edmilson Rodrigues: Ela

José Edmilson Rodrigues. Publicado em 8 de março de 2021 às 11:04

Senti e amei
várias mulheres
em uma só.

A fêmea insólita,
multifacetada
em uma só.

E do espelho, única,
reflexo de tantas outras,
em uma só.

E na minha ilha,
multifária da paixão
em uma só.

E outras saudades
moradas no carinho
de uma só.

É a filha, a mãe,
a mulher multímoda
de uma só.

E no pódio da vida
a reinvenção no tempo,
ela em elas, numa só.

Ela, rio de água
engajada vida afora,
multimusical: uma só.

Sinto vária e quero
a mesma profunda paixão
em uma só.

Densa, afeição ígnea
que forja vida
em uma só.

As cores em pele feminina,
heterogênea, e força
em uma só.

Templo de falas:
caminho de futuro,
ela, em uma só.

Ela é pelo que faz,
pelo que produz e ressoa
em uma só.
Sinto e amo
a mesma que olha
e olha em uma só.

José Edmilson Rodrigues
Campina Grande, 07.03.2021

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de José Edmilson Rodrigues
José Edmilson Rodrigues

* Advogado/Mestre em Literatura e Interculturalidade/Ensaísta.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube