...

Campina Grande - PB

Guerra Mundial em Campina?

20/02/2018 às 16:34

Fonte: Da Redação

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Tal indagação contrariaria os fatos históricos, sem deixar de representar uma ilação de difícil probabilidade. Nada de Guerra Mundial. Subversões momentâneas ocorreram em Campina. Dentre outras, a do Quebra Quilos.

Todavia, a presença de Tropas Aliadas em Natal, como medida para evitar a invasão do Brasil por forças nazifascistas, na segunda guerra mundial, fez com que, dado o constante deslocamento de Oficiais Superiores americanos, nos finais de semana, para os Espetáculos do famoso Eldorado, em Campina Grande, ela teria participado, indiretamente, daquele conflito.

Importante não foi só a presença de Oficiais americanos, em O Eldorado, para manter o moral das tropas. Os EEUU programaram a presença, naquela Casa de Espetáculos, da famosa Orquestra do Maestro, Ed Duchim.

Se Campina não participou da Segunda Guerra, como restou provado, nada impediu que filhos da Rainha da Borborema estivessem naquele conflito, bem como inúmeros outros paraibanos.

Felix Araújo e Manoel Aires de Oliveira, além de fiéis servidores de Campina, foram pracinhas que colocaram a vida em risco em nome da defesa dos ideais democráticos. Sobre Felix muito se tem dito, sem resgate definitivo de seus reais méritos. Manoel Ayres de Oliveira honrou a Paraíba com sua presença na Itália, lutando nas frentes de batalha pela vitória, que, afinal, veio, preservando os princípios da Democracia, da Liberdade e dos Direitos Humanos.

Este acaba de receber justa homenagem aos seus méritos por não ter se apequenado diante dos desafios que teve que enfrentar em nome dos superiores ideais que jurou defender.

Sua filha, Carmem Lúcia, vem de lançar o Livro, Fragmentos de Uma Vida, trazendo detalhes da trajetória de Manoel Ayres de Oliveira, como cidadão e defensor das tradições éticas do País.

A Paraíba e o Brasil estão, mais uma vez, com um bravo filho a merecer aplausos gerais! Aplaudamos tal iniciativa de Carmen Lúcia.

Evaldo Gonçalves é da APL e do IHGP

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons