Fechar

logo

Fechar

Gisa Veiga: À mestra Lena, com carinho

Gisa Veiga. Publicado em 18 de novembro de 2019 às 11:07

Foi levando alguns puxõezinhos de orelha de Lena Guimarães que me aprimorei no jornalismo, ainda em minha época de “foca” no jornal A União. Depois, nos tornamos grandes amigas.

Quando comecei na União, Lena já era veterana e respeitada como jornalista e radialista. Os políticos admiravam sua inteligência e desenvoltura. Os colegas, também. Ok, alguns a invejavam e outros a temiam quando, em outras redações, ela se descontrolava tentando pôr ordem na turma de comandados. Até recebera, certa vez, a alcunha de “Sargento Guimarães”. Em vez de aborrecê-la, isso até a divertia.

Paraíba Online • Gisa Veiga: À mestra Lena, com carinho

Eu, Lena e Gilvan de Brito

De uma coisa ninguém podia duvidar: Lena sabia do que estava falando, exortava com a autoridade de quem dominava a técnica e o conhecimento intelectual. Jornalistas, estudantes, profissionais diversos, políticos e empresários a liam, a ouviam, a viam na TV e consideravam seriamente seus pontos de vista, sempre longe de “achismos” e mais baseados em pesquisas.

Como profissional, foi mestre e inspiração de várias gerações. Eu mesma dizia, brincando: “Quando eu ‘crescer’, quero ser como Lena, só que menos braba”. Devo muito a ela no campo profissional. 

Como amiga, era daquelas criaturas absolutamente solidárias e compreensivas. Era cheia de empatia e sempre estava disposta a “dar uma força”, a “puxar pra cima”, a encorajar. Quantas vezes nos alegramos e choramos juntas! Quantas confidências trocamos! Quantos passeios e viagens maravilhosas fizemos!

Paraíba Online • Gisa Veiga: À mestra Lena, com carinho

Lena com meu filho Pedro, hoje com 31 anos

Mas a vida vai tomando outros rumos. De repente, nos vimos casadas, com filhos e outras responsabilidades. Não tínhamos mais tanto tempo para gastarmos juntas, mas nem por isso nossa amizade esfriou. Sabíamos que, se precisássemos, uma estaria à disposição da outra a qualquer hora do dia ou da noite. Sempre foi assim.

A Lena, minha homenagem nesse triste dia. E que Deus faça uma festa no céu pra ela. Amém!

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Gisa Veiga
Gisa Veiga

Gisa Veiga é jornalista profissional (formada pela UFPB) e advogada (formada pelo Unipê), com experiência em jornalismo impresso, internet, televisão e assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como assessora de imprensa na Assembleia Legislativa e apresentadora do programa Sobretudo, da TV Master.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube