Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Esses candidatos não são doidos, não!

Mário Tourinho. Publicado em 25 de outubro de 2018 às 23:26

Por Mário Tourinho

Sou de 1945, portanto meu primeiro voto aconteceu em 1965, este para governador da Paraíba em que saiu como vencedor o JA de então: João Agripino. Mas, para presidente da República só votei em 1989, tendo optado pelo nome de “meu xará”, Mário Covas, que ficou em 4º lugar. Para o 2º turno classificaram-se Collor e Lula. Pensara votar em Collor, até quando ele, em horário eleitoral gratuito, expôs o namoro que Lula tivera com a enfermeira Miriam Cordeiro, de cujo relacionamento nascera a filha Lurian e, nesse mesmo programa, veio a denúncia (feita por Miriam) de que quando estava grávida o sindicalista oferecera-lhe dinheiro para abortar. Com esse tipo de campanha desisti de Collor e votei em Lula, que não venceu.

Daquela eleição de 1989 aos dias de hoje,  não observara uma outra campanha – nem aquela de 29 anos atrás – em que o candidato esteja mais preocupado em falar mal do outro (e vice-versa) do que mostrar à população como pretende melhorar a vida dos brasileiros. E isto tem proporcionado tanto desânimo junto a muita gente, que se está a pensar ou acusar que estaria por vir uma ditadura de esquerda ou de direita!…

Não pensemos nisto, não, brasileiros e brasileiras! Os dois candidatos que estão nesta disputa de 2º turno não são  doidos, não! Ambos sabem que a população brasileira não aceita nem admite tal atrevimento!  E que a nação mais se unirá e se mobilizará para retirar a faixa presidencial de quem venha atrever-se como ditador.

Bem ao contrário, somos levados a pensar que qualquer dos dois candidatos que saia como vencedor, ele buscará o apoio dos de bom senso que lhe tenha feito oposição, para poder bem fazer ao Brasil.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Mário Tourinho
Mário Tourinho

Administrador, atual presidente da Academia Paraibana de Ciência da Administração (APCA), ex-diretor institucional do Conselho Federal de Administração, ex-presidente do Conselho Regional de Administração, pós-graduado em planejamento operativo, diretor executivo do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa de 1993 a 2016.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube