Fechar

logo

Fechar

Elizabeth Marinheiro: Tessituras

Elizabeth Marinheiro. Publicado em 18 de agosto de 2019 às 12:36

Estou espiritualmente unida a minha querida ex-aluna Fátima. Aluna que se destacou pelo brilhantismo, educação e respeito. Destaque no Curso de Letras da Universidade Federal da Paraíba.

Agora contemplo-a viúva. Viúva de um cidadão com quem convivi, afetiva e universitariamente, durante muito tempo. Não costumo jogar punhados de elogios nas pessoas com as quais não convivi. Entretanto, conheci de perto as qualidades do PROF. ANTONIO DE SOUSA SOBRINHO.

Um gestor que primou pelo dinamismo, criatividade, competência, idoneidade e rara simplicidade em todos os cargos por ele ocupados: Professor, Pro-Reitor e Reitor em exercício na Universidade Federal da Paraíba e na UNIPÊ, onde atuou como co-fundador.

Não seria no espaço de minhas tessituras que poderia detalhar a produção intelectual do Dr. Sobrinho.

São livros, Estudos em Revistas especializadas, Conferências nas Universidades nacionais e internacionais, tudo exigindo análises mais verticais.

Que DEUS o receba na Glória Eterna, mestre SOBRINHO!

MILTON MARQUES JÚNIOR

Ao evocar a Ética do Prof. Dr. Sobrinho, chega-me, naturalmente, à memória o nome o Prof. Dr. Milton Marques Júnior.

Já o disse Professor nas áreas de Literatura Brasileira e Portuguesa, bem como fundador do Grupo de Estudos Clássicos e Literários com as vertentes Greco-Romanas e da Literatura Comparada.
Ocorre que Milton sonhou com a morte de Heitor, assustou-se, levantou-se da cama e resolveu cantar a “Eneida”. Alcione, ciumenta, pensou que ele estivesse enamorado das “Parcas”…

O resultado do pesadelo do Milton não foi um “Paraiso Perdido” e sim outra obra-prima: A “Eneida” dicionarizada, em processo de “louco” saber. Bota talento neste trabalho miltoniano!!!
Aliás estou mais pra Virgílio que pra Dante; só assim os “carontes” fugiram do meu caminho…

Não satisfeito, Milton surge com “Epigrammaton” e explica como se faz um epigrama. Quem tiver talento e paciência que o faça. Contenta-me a leitura de epigramas elaboradas apolinicamente.

Epigramas com significantes e significados substanciais. Intertextualizados e intratextualizados com o picante da sátira e o fino da ironia.

Ler Epigrammaton é mais que “prazer do texto”: é deleite para esta época estilhaçada…

Para substituir o Prof. Dr. Antonio S. Sobrinho na APL nada mais justo que o Prof. Dr. Milton Marques Júnior.

GOSTAR DE QUERER BEM.

• Frequentar o PET ANIMALI; com sua equipe eficiente e carinhosa.
• Ao cair da tarde, tomar um gostoso café no belo apartamento de Vera Maia.
• Receber as atenções de Lau Aguiar, com suas afetuosas palavras.
• O interesse intelectual de Bruno Gaudêncio pela produção do nosso Ruben Saldanha.
• Os bilhetinhos amigos de José Mário.
• Um telefonema do “mano” Polibio Alves.
• Um abraço em Estelita querida Cardoso.
• As lindas mensagens chegadas ao meu Face. Por tudo, Graças a Deus.

Ao meu leitor, o canto daquele pássaro.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Elizabeth Marinheiro
Elizabeth Marinheiro

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube