Fechar

logo

Fechar

Elizabeth Marinheiro: Tessituras

Elizabeth Marinheiro. Publicado em 26 de dezembro de 2020 às 10:21

• Lá vem chegando o papai-noel ficcional…
Ho ho ho ho!
Junto dele, a estrela dourada iluminando a terra dos homens
Já os sinos badalam um DIVINO 2021.
E a árvore verde alimentando nossa Esperança.
Um verde-doçura do querido amigo, FÁBIO COSTA.

• Uma mensagem da Escritora Magna Celi (UFPB) chega-me trazendo luzes falando amizade.

• Já VIOLETINHA DE LOURDES (minha Lêta) me diz: “Dizia um poeta que amigos são como estrelas e nem sempre podemos vê-las, mas temos certeza que eles estarão sempre lá.”
Não sou estrela, querida Leta, mas tenho você bem juntinha do meu coração.

• “Quando a noite se tornar longa, dividiremos para encurtá-la. Pense nisso”. DR. RAFAEL HOLANDA. (in WhatsApp).

ECOS ESTRELADOS

Acima, estas maravilhosas mensagens devolvem-me o grandioso POETA:
“AS ESTRELAS, no céu muito límpido, brilhavam, divinamente distantes.
Vinha da caniçada o aroma amolecente dos jasmins.
E havia também, num canteiro perto, rosas que cheiravam o jambo.
Um vaga-lume abateu sobre as hortênsias e ali ficou luzindo misteriosamente.” MANUEL BANDEIRA.

DESEJO

Que o céu brilhante, o permanente aroma, o perfume do jasmim, a luz dos vaga-lumes e o cântico dos pássaros que nascem e convivem em meu jardim vão juntos com meus Votos de um ABENÇOADO NATAL e bem MELHOR 2021. Votos para LIZANKA, TULENKA, TERMUTHIS, minha querida neta MARIA EDUARDA, para todas as minhas AGREGADAS, para o atencioso Sidney, para minhas AMIGAS, MEUS AMIGOS e para meus familiares.
QUE DEUS ABENÇOE TODAS(OS) lhes ofertando SAÚDE, PAZ, ESPERANÇA e a Fé, multiplicada, em MARIA SANTÍSSIMA. AMÉM.

COM DOÇURAS PERFUMADAS

Eis um caloroso Poema:
“Mestra Amiga Elizabeth Marinheiro, eis mais umas vez a dança dos tempos coreografando o bailado infinito da vida, dom precioso de Deus, em cuja melodia avultam as notas luminosas de um milagre chamado amizade verdadeira, afeto genuíno e permanente anelo de viver com, recorrente signo do ser/fazer da amiga querida. Que o seu Natal seja adornado com as benfazejas sementes da suficiente e salvadora graça do nosso Senhor e Salvado Jesus Cristo. Que o Novo Ano que já se avizinha, sob os auspícios das bênçãos de Deus, e a despeito dos teimosos torvelinhos, tenha o gosto da fé renovada e da esperança que rejuvenesce, como uma flor visitada pela ternura da chuva que cai sobre a terra. Amamos você, querida Amiga!
São os votos de Sinaida, vovó Nice, tia Seni e seu velho amigo Mário.
Votos, também, dos gatinhos, comandados pelo Amarelo Argemiriano (O Galego). Campina Grande 19/12/2020”. JOSÉ MÁRIO SILVA BRANCO (“ipsis verbis” in acervo pessoal).
Querido Mário e família: há momentos que meu verbo fraqueja diante de textos com a espontaneidade dos seus belos gestos.
Que DEUS proteja a Você e a toda sua/nossa família!

PARAIBA ONLINE

“Hora de estudar
estudar
Hora de comer
comer
Hora de escrever
escrever
Hora de trabalhar
pernas pro ar
que ninguém é de ferro” (misto de A. Ferreira)

Com este misto, espero a permissão do Confrade/Amigo, Arimatea Souza para algum tempo de férias. Até breve. Grata.
Feliz Papai Noel e Melhor 2021!

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Elizabeth Marinheiro
Elizabeth Marinheiro

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube