Fechar

Fechar

“Cyber Monday”

Alexandre Moura. Publicado em 2 de dezembro de 2016 às 23:40

alexandre_moura_04

Por Alexandre J. Beltrão Moura

A ideia do “Black Friday” como todos sabem, nasceu nos Estados Unidos com o objetivo de aumentar as vendas do comercio na semana seguinte ao dia de “Ação de Graças” (primeira sexta-feira depois deste feriado), semana que o comercio americano vendia muito pouco. Depois esta “promoção” foi se espalhando por outros países e chegou ao Brasil (inicialmente nas lojas de comercio eletrônico e mais recentemente, generalizou nas lojas físicas e nos serviços). Agora uma nova ideia americana começa a tomar forma. Trata-se do “Cyber Monday”, segunda-feira seguinte a “Black Friday”, onde as “lojas virtuais queimam” o que sobrou da liquidação da sexta-feira. Para o varejo “online” dos Estados Unidos já é o maior dia de vendas do ano, segundo dados recentemente divulgados. É bem provável que a “moda” chegue ao Brasil no ano que vem.

2,5 milhões

Este é o número de novos empregos que o Brasil pode gerar até 2025, com a disseminação do que chamamos de “Internet das Coisas” (IoT). Ou seja, objetos (geladeiras, TVs, câmeras de segurança, equipamentos hospitalares, automóveis, etc) conectados à rede mundial de computadores. Para que este número expressivo, de novos postos de trabalho, se torne realidade é necessária uma alteração tributária, capaz de incentivar investimentos superiores a R$ 200 bilhões nos próximos 15 anos. Um estudo feito pela empresa de consultoria “Teleco”, afirma que o país pode ter “entre 100 e 200 milhões de objetos conectados a Internet até 2025”, multiplicando por 10 a realidade atual e fazendo “explodir” o número de empregos necessários para dar conta desta demanda. Hoje, o Brasil tem 20 milhões de objetos conectados. Sendo, 8 milhões de automóveis,  4 milhões de máquinas para pagamentos eletrônicos, 3,4 milhões de equipamentos domésticos e 3 milhões de objetos relacionados a distribuição de eletricidade. O que falta é baratear o custo da conexão a Internet e dos equipamentos relacionados à conectividade, que tem preços muito altos, principalmente devido à carga tributária brasileira.

ANATEL e o Limite da Internet Fixa

A ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações abriu um debate com a sociedade, através de uma consulta pública, “sobre a regulamentação de dados para a Internet fixa no Brasil”. O objetivo é debater sobre “ter ou não, um limite para a Internet fixa no país”. Ou seja, “cobrar pelo acesso à rede de acordo com o real consumo de dados e não tarifar pela velocidade como é feito hoje”. Este assunto é de suma importância e interessa a toda população. Para participar do debate basta acessar o site da ANATEL e seguir as instruções.

“Acelerando”

A FIEMG – Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, através do “Programa de Aceleração FIEMG Lab Novos Negócios”, abriu inscrições para a “primeira jornada de aceleração” de empresas de base tecnológica. O programa tem como objetivo “ser um elo entre a indústria, projetos de base tecnológica, spin-offs corporativas e startups”. A ideia é selecionar, no inicio de 2017, 100 projetos que durante “18 meses, passarão por 4 fases de aceleração e novas seleções para que, no final, 5 negócios inovadores tenham o suporte para a expansão acelerada e internacionalização”. Os empreendedores interessados podem obter mais informações no site

 www.fiemglab.com.br. Uma ótima inciativa que pode e deve ser replicada em todo o Brasil.

________________________________________________________________________________________

* Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

 

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

[email protected]

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube