Fechar

Fechar

“Crescendo Rápido”

Alexandre Moura. Publicado em 2 de fevereiro de 2018.

Por Alexandre J. Beltrão Moura (*)

Isto é o que se conclui do relatório 2017 da empresa App Annie (www.appannie.com) – empresa multinacional de consultoria e pesquisa especializada em Internet e tecnologias associadas – que avalia o número de downloads de aplicativos no mundo.

Segundo o documento, comparando-se com o relatório anterior (de 2015), houve “um crescimento anual de 60% no número de downloads de aplicativos no mundo todo, atingindo a marca de 175 bilhões de downloads em 2017”. Gerando um crescimento de 105% no faturamento das empresas que produzem aplicativos que atingiu 86 bilhões de dólares no ano passado.

Outras informações interessantes levantadas pela empresa: “os usuários passam um décimo do ano acessando aplicativos (exatamente 43 dias), um crescimento de 30% no tempo de acesso em relação a 2015 e em média, os usuários possuem 80 aplicativos no celular, mas usam realmente, no máximo, metade disso”.

“Crescendo Rápido” (II)

Ainda sobre o relatório da empresa App Annie, outra informação interessante é que “no último trimestre de 2017, para cada 4 dólares gastos com aplicativos no mundo, 1 dólar foi gasto por usuários da China (25% do total)”.

E os chineses também, são “responsáveis pelo maior número de horas de acesso, com 200 bilhões de horas em aplicativos em iOS, Google Play e Android”.

A China lidera no “consumo de aplicativos” e na produção dos mesmos e as empresas chinesas estão cada vez mais, disponibilizando aplicativos que são utilizados em outros países.

Em resumo, a tecnologia e uso de aplicativos é um grande negócio (leia-se dinheiro) com crescimento rápido e números exponenciais e é uma tecnologia imprescindível em nosso “mundo conectado”.

“CGC”

Segundo matéria da agencia de noticias espanhola “EFE”, na “48ª Edição do Fórum Econômico Mundial”, que aconteceu no mês passado, na cidade Suíça de Davos, ficou decidido “a criação de um Centro Global para o Ciberespaço (CGC), que estará em operação já agora em março“.

O objetivo do CGC é fomentar desde a cidade de Genebra, também na Suíça, “a colaboração público-privada na luta contra as ameaças cibernéticas (crimes na Internet)”.

A preocupação tem todo sentido, visto que o “custo dos crimes cibernéticos chega globalmente, a US$ 500 bilhões a cada ano, impactando fortemente o crescimento econômico mundial”.

O CGC terá, dentre outros instrumentos, um repositório de informações cibernéticas e os dados serão compartilhados entre o setor público e o privado.

Além disso, a ideia é gerar oportunidades educativas em “cibersegurança”, elaborar recomendações para legislação, em nível mundial, sobre este assunto e definir estratégias para o combate aos crimes que utilizam a Internet como instrumento.

“100% Saúde”

Este é o nome que a Prefeitura de São Paulo deu a programa voltado para startups (empresas iniciantes) que tenham soluções para a área de saúde.

Com o apoio da empresa americana de TI (Tecnologia da Informação) IBM, a Prefeitura paulista pretende apoiar até “300 startups, oriundas de todo o Brasil, que desenvolvam soluções tecnológicas, para o setor de saúde da capital do estado de São Paulo”.

A ideia é buscar e incentivar, o desenvolvimento de projetos e soluções tecnológicas inovadoras, para o setor de saúde da cidade, que sirvam para melhorar a qualidade dos serviços de saúde disponibilizados pelo município. Serão disponibilizados recursos da ordem de R$ 12 milhões.

As inscrições para as empresas que queiram participar vão até o próximo dia 20 de fevereiro. Mais informações no endereço: www9.prefeitura.sp.gov.br/cemporcentosaude

(*) Engenheiro Eletrônico

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

falecom@fhc.com.br

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube