Comenda

Alexandre Moura. Publicado em 3 de agosto de 2018 às 11:18

No dia 1 de agosto passado, durante reunião do CCT – Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, realizada em Brasília, foi apresentada a lista dos novos membros da “Ordem Nacional do Mérito Científico (ONMC)”.

A ONMC é “uma ordem honorífica concedida a personalidades brasileiras e estrangeiras, como forma de reconhecimento das suas contribuições científicas e técnicas para o desenvolvimento da ciência no Brasil”.

Uma comissão, formada pelo MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, pela SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e pela ABC – Academia Brasileira de Ciências avaliou o mérito de todas as indicações e emitiu um parecer para o Conselho da Ordem, que é presidido pelo Presidente da Republica Michel Temer, Grão-Mestre da ONMC.

Dentre os nomes indicados e aprovados, na classe Comendador, encontra-se o da Profa. Dra. Francilene Procópio Garcia, Professora da UFCG – Universidade Federal de Campina Grande, Ex-Diretora Geral da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, Ex- Presidente da ANPROTEC – Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores e atual Secretária de Ciência e Tecnologia do Estado.

Homenagem e reconhecimento muito justos pelo trabalho realizado por Francilene, em nível nacional, nos últimos anos. Parabéns a mais nova Comendadora!

Startups Brasileiras na Europa

Dando continuidade as ações do “Projeto StartOut Brasil”, programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo, abriu as inscrições (que vão até o próximo dia 20 deste mês) para seleção de 15 startups que irão participar do “Ciclo de Imersão em Lisboa”, Portugal, no próximo mês de novembro.

A edição em Lisboa é a quarta do programa, que já contou com missões em Buenos Aires, Paris e Berlim.

O Projeto tem como realizadores a Apex-Brasil, MDIC – Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, MRE – Ministério das Relações Exteriores, SEBRAE e ANPROTEC.

A ideia é disponibilizar para as empresas brasileiras, uma serie de capacitações, que inclui consultoria em internacionalização, orientação de executivos do mercado europeu, além de treinamento para apresentação de projetos a potenciais investidores e participação em encontros de negócios e workshops sobre o mercado de Portugal.

Mais informações através do e-mail [email protected]

Notificações de Consultas pelo Celular

Dando mais um passo na automação e disponibilização de serviços de forma eletrônica, para os usuários do SUS – Sistema Único de Saúde, os responsáveis pelo desenvolvimento de sistemas do Ministério da Saúde liberaram a versão 3.0 do software “e-SUS AB Atenção Básica”.

Esta nova versão possibilita “aos usuários receber notificações de consultas agendadas na rede SUS, pelo celular”.

Outra novidade é permitir o “registro de vacinação dos usuários no seu Prontuário Eletrônico do Cidadão, permitindo assim, ter um histórico de todas as ações do cidadão em um único banco de dados”, possibilitando ainda, que os médicos acessem “o histórico do usuário em todos os pontos da rede do SUS que estejam informatizados”.

O objetivo é ter tudo referente ao SUS, informatizado até 2020.

Prevenindo AVC usando Tecnologia

AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma das principais causas de internação hospitalar e morte, nos dias atuais. Visando fazer prevenção deste tipo de ocorrência médica, foi criado um projeto, denominado de “P-Ictus” (Ictus – distúrbio vascular cerebral, também conhecido como AVC, trombose e embolia), financiado pelo “FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional” e pelo CDTI – Centro para o Desenvolvimento Tecnológico Industrial, da Espanha.

O projeto tem o “objetivo de desenvolver uma solução para a prevenção de AVC em pacientes de risco (que já tenham tido AVC), a partir do conhecimento extraído com tecnologias de cruzamento dos dados disponíveis no seu histórico de saúde e de outras fontes não clínicas”.

A ideia é coletar “os dados destes pacientes juntamente com informações de outras seções do seu histórico clínico, tais como hospitalizações, recaídas, medicamentos usados e exames de laboratório realizados”, combinar/cruzar estas informações com “outros dados sócios demográficos, econômicos, climatológicos e sociais para fazer uma estratificação individual”, e assim, com base em uma análise estatística destas informações, facilitar a “criação de novos algoritmos baseados em modelos físicos e matemáticos, que permitirão gerar conhecimento sobre a prevenção e diagnóstico dos diferentes tipos de AVC”.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP - Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube